domingo, 26 de dezembro de 2010

Ênio Vecchi é o técnico da feminina

Técnico do Vitória no NBB3, Ênio Vecchi é o novo comandante da seleção feminina que tenta vaga nas Olimpíadas de 2012. Seu contrato vai justamente até os Jogos de Londres, e, de cabeça (se estiver errado, por favor me corrijam), digo que ele se torna o quarto treinador do país a comandar os times nacionais masculino (foi campeão sul-americano em 1993) e feminino adultos (antes vieram Mário Amâncio Duarte, Renato Brito Cunha e Ary Vidal - além deles, Cesar Guidetti treinou ambos na base).

Pelo release da CBB, Ênio fica no Vitória até o fim do NBB, o que aparentemente denota que depois disso ele ficará de forma exclusiva para a seleção feminina. Observar o Nacional feminino de 2010 e as meninas que estão na Europa de perto para o Pré-Olímpico de 2011, no entanto, ele não conseguirá fazer de cara (o que seria importante para alguém que não conhece quem são, e como são, as meninas que ele precisará convocar).

E você, o que achou do nome de Ênio Vecchi? Comente na caixinha!

26 comentários:

Renon Junior disse...

O Ênio é praticamente filho de Londrina. Aqui ele trabalhou a maior parte do tempo de 97 para cá, por isso o conheço muito bem.
É um técnico sério, centrado, que monta fortes defesas. Sofreu enormemente no último NBB pelo Londrina pela falta de talentos e de patrocínio para o time do Londrina.
Tomara que a passagem dele no feminino seja melhor do que a do Masculino, que ele treinou entre 93 e 94, bem na entressafra da seleção. Naquele ano, 94, E^nio ficou em 11º no Mundial, enquanto as meninas foram campeãs.

Sorte ao Ênio, um grande cara.

Mauricio disse...

O Enio é um sujeito estudioso e competente, quem disser o contrário disso, é desafeto por algum motivo.

Entretanto, não sei por qual motivo, mas, não consigo visualizar sucesso nessa trajetória a frente da seleção feminina.

Espero estar errado.

Abraços!

Anônimo disse...

Quem é esse? Ai ai ai!

Cláudio Noronha disse...

Na boa? Enio é ultrapassado, nunca ganhou nada e vai ser mais um pau mandado da Hortência. Aliás, Hortência está de brincadeira! O feminino acabou mesmo...

Anônimo disse...

Não tenho nada contra o Enio.Até
acho que ele é um técnico competen
te.Só que tenho a mesma opinião do
anonimo acima:Não vai dar certo.
O feminino exige muito mais do que
o Enio pode dar.Não estou falando
de técnicas e táticas.Estou falando
de algo maior e bem maior.Táticas e
técnicas são elementares.Sabedoria
para ter o grupo na mão essa sim é
fundamental.Boa sorte Enio.

Cido disse...

Estamos perdendo mesmo para o Vley por uma distância grande.
No Basquete as pessoas rodam entre eles, olha esse aí agora, Neto na sub e por aí a fora.
Estamos no fundo do poço mesmo.
Sem opções, como pode não ser um tecnico que esteja treinando um feminino!
Eu desisto

Anônimo disse...

Enio,
tem cara de derrotado,já basta no mundial que ele dirigiu, vibrou com uma derrota. Foi ridículo.
O Carlos Nunes continua a não dar nenhuma ordem na CBB< tenho pena dele. Um completo imbecil.

Anônimo disse...

Incrivel como não conseguimos andar para frente...

Anônimo disse...

O cara está em penúltimo lugar na NBB com o Vitória, teve uma passagem pífia pela seleção masculina, nunca treinou nenhuma equipe feminina em toda sua vida, ou seja, óbviamente o cara não tem qualquer mérito para ocupar esse posto, mas na visão da Hortência é a pessoa perfeita para tampar o buraco até 2013, quando a Janeth, estando preparada ou não, assumirá o cargo.
Impressionante como as coisas são decididas no basquete feminino, espero que essa postura amadora da Hortência não nos custe a classificação para as Olimpíadas de Londres.

Anônimo disse...

Sempre aparece alguém para se vender, na minha opinião o filme do Ênio fica ainda mais queimado, mas parece que ele não tem mais nada a perder.

Anônimo disse...

Ridículo,nunca trabalhou com o feminino. Com as mulheres o tratamneto é diferente e leva algum tempo para se aprender isso ( Outro universo ). Vide O Zanon que agora esta pegando o ritmo.
De qualquer forma, por incrivel que pareça, alguem aceitou. Vai precisar de muita sorte.

Anônimo disse...

e o guilherme vos, nada? nen parte da comissao tecnica ele faz?

sobre nao ter sido tecnico do feminino o miguel angelo foi campeao mundial no feminino no mesmo esquema, entao valhe a chance.

Anônimo disse...

como o ENio tem passagem pelo basquete do Paraná e a Hortencia é sócio de projetos com o presidente daquele estado, foi umais uma maneira de se fazer política. Usando o tão desacreditado Basquete feminino.
Aonde iremos chegar.

sta.ignorancia® disse...

Não vamos pra Londres, pelo menos no feminino.

A Hortência está louca!

Incrível como ela não acerta em nada...

antonio sobé disse...

As coisas começaram errado qdo C.Nunes viu na Hortência algum jeito de buscar qquer coisa que não fosse a reestruturação e um trabalho sério para o feminino(sempre jogado às traças p/cbb). Mesmo com todas mancadas, ainda mais esta.Acredito nas qualidades do Enio mas não para o cargo na sel.feminina, onde nunca teve experiência. Vai continuar a suposta rainha a dar as cartas e Adeus bask.Fem....Eu desisto...Minhas condolências a todos os treinadores que fizeram alguma coisa p/feminino até hoje..

Anônimo disse...

Fraco e ultrapassado, daria oporunidade ao Demétrius de Limeira que vem mostrando um basquete moderno é mais compátivel com que se joga hoje nos centros mais avançados.
Mesmo tarde em excelente 2011.
Carlos Muniz

Marcelo Laguna disse...

O grande feito de Enio Vecchi: comandar o Brasil na vexatória campanha do 11º lugar do Mundial masculino no Canadá/94. Em clubes, só trabalhou em times pequenos. Este é o treinador pra seleção feminina?

Anônimo disse...

Julio Pacheco e o nome certo, mas o cara nao esta em nenhuma panela entao niguem comenta.
So mesmo o rodrigo do rebote que foi atras do cara.
uma pena que ninguem mais valoriza o trabalho dos tecnicos brasileiros que estao la fora.

Marcus Hygino disse...

Não tem nada haver com competência e nem com talento. Tem haver com estar trabalhando e esperando a chance. Acho tudo isto errado, pois tem treinadores que vivem o basquete feminino e o conhecem muito melhor que o Ennio. Não tem nada haver ele ter aceitado, pois tinha que respeitar a quem de direito. Aí depois vem a ENTB a não se posicionar pois, isto se chama ÉTICA. Que me desculpe o Ennio, mas ele aceitando, confirma o discurso, cada um olha somente para seu umbigo.

Paulo Cesar T de Souza disse...

Marcus Hygino é o Marquinhos Porrada? Excelente comentário! Pertinente! Essa ENTB é só um devaneio do Byra Bello que a LNB encampou pra dizer que tem e que não tem função alguma. Aliás, daqui a pouco o Byra vai dizer que ele que devia ter sido chamado, pouco egocêntrica a criança...

Anônimo disse...

Estamos lascados mesmo! Teria que voltar a Maria Helena Cardoso e a CBB dar a oportunidade de ela preparar uma nova safra de técnicos. Agora o Guilherme Vos é brincadeira de mau gosto , cariocada ! Coitadas das meninas que são treinadas por ele , abre o olho pessoal!

Fernando Santos disse...

Fosse o nome que fosse, nao haveria unanimidade! É sabido que mtos nomes disseram não. Tiveram suas razoes, coube a CBB buscar em outras praças!

Tbm nao faço campanha pro e nem contra, prefiro pagar pra ver!

Anônimo disse...

Maior absurdo, tantos tecnicos que trabalham no feminino e vem o ultrapassado Enio que NUNCA trabalhou no feminino.
O feminino para dirigir e diferente do masculino.

Anônimo disse...

Muito bom nome.

Anônimo disse...

Gostei da nomeação. Enio é competente e estudioso. O resto é pura corneta de quem sempre acha tudo errado. Quem entende de basquete não pode achar esta notícia ruim.

Anônimo disse...

Olha infelizmente o nosso basquete está jogado as traças, não tem gente competente suficiente para trabalhar as categorias de base do país,que na verdade apenas São Paulo tem categoria de base efetiva (mas nem tanto),a ENTB que fazer um curso mentiroso de 4 dias e algumas horas de internet,que técnico temos no momento preparado para dirigir uma seleção feminina? E aos professores, educadores,técnicos,voluntários por favor: Ajude o basquete!!!!!!!!
pois ele está sendo engolido por um mar de vaidades e a unica coisa que pode nos salvar é o compromisso e ao amor ao esporte!!!!!!!!
Abraço!
Lisard!!