sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Muito Prazer, Tássia Carcavalli

A primeira vez que ouvi falar de Tássia Carcavalli foi na Copa América sub-18 deste ano, quando a atleta teve as médias de 14 pontos, quatro rebotes, duas assistências, dois roubos e 58,8% no aproveitamento de arremessos. Números de gente grande para quem tem apenas 16 anos.

Educada ao extremo, madura, divertida e dedicada (ela está no segundo ano do ensino médio), a ala-armadora de 1,76m, que mora com a mãe Elizabeth na república de Americana, não é “só” uma menina talentosa. Por isso ela estréia hoje a seção “Muito Prazer”. O papo foi feito no MSN logo após Tássia ter ajudado a sua equipe a se classificar para a final do Paulista Infanto-Juvenil.

- Quem é Tassia Carcavalli?
- Uma menina alegre e feliz que gosta de tudo o que faz!

- O que levou a menina alegre e feliz a jogar basquete? Houve algum momento especial?
- Não, não. Eu só olhei pra quadra e me apaixonei. Amor a primeira vista mesmo. Mas também foi graças a minha irmã que estou no esporte! Ela que começou a jogar e um dia, quando fui assistir o treino dela no Círculo Militar, a técnica, Kátia de Araujo, me chamou pra treinar. Fui e fiquei com a Kátia dos meus 7 aos 16 anos. A Kátia é demais!

- Se você pudesse escolher como seriam seus próximos cinco anos, como você os descreveria dentro e fora das quadras?
- Que eu estivesse numa faculdade, morando em uma mansão com minha mãe de preferência ou jogando em outro país – de preferência na Espanha. Enfim, bem de vida. E se pudesse com meu pai também, porque minha irmã já vai estar casada. Dentro das quadras, também sonho em estar em uma Olimpíada.

- Qual é sua maior qualidade na quadra, e onde ainda precisa melhorar?
- Eu acho que ter visão de jogo é minha maior qualidade, sabe. Mas acho que preciso melhorar mais nas tomadas de decisão. Por vezes faço coisas na hora errada!

BATE-BOLA
Uma Técnica
: Kátia
Uma amiga: Minha mãe
Uma comida: Arroz, feijão, ketchup e frango. Ah, e miojo também
Uma música: Amor perfeito, do Babado Novo
Um Filme: O guarda costas
Um Ídolo: Michael Jordan
Meu jogo inesquecível e por quê: Com a seleção brasileira sub-18, contra a Argentina, pela Copa América. Não estava acreditando que ficou por segundos tudo na minha mão. E eu consegui (no dia 24 de julho de 2008, Tássia fez a bola de empate contra as rivais em uma jogada individual).
Uma Frase: “Nada é por acaso”

12 comentários:

Bert disse...

Passei correndo antes do trabalho para conferir a estréia da seção. Ficou muito legal. Parabéns, Bala.
Muito prazer, Tássia. E sucesso!
Abs.

Thiago Anselmo disse...

Show de bola. Essa menina Tássia tem um futuro brilhante.
Com certeza vai pra espenha, seu desejo de consumo, rapidin, nenhuma estrela a ser lapidada nao fica no brasil atualmente.

adriano disse...

legal, deixou um gostinho de "quero mais", essa entrevista podia ser um pouquinho maiorzinha! parabéns, bala

fábio balassiano disse...

adriano, meu caro, você vê como vida de blogueiro é difícil. sempre me "policio" para fazer textos pequenos, pensando que vocês leitores não terão "saco" de ler os grandes. Me entende?

De todo modo, vou pensar na sua sugestão sem dúvida alguma.

Mas essa seção é mais uma apresentação mesmo, e serve para dar esse gostinho aí que você citou.

Pelo visto a Tássia conseguiu! A menina é fera até nisso, viu?

abs, fábio balassiano.

Giuliano disse...

Ao que me consta, essa moça nasceu pra jogar basquete.
Tomara ela vire uma fera e que comande a armação da seleção por longos anos.
Boa sorte pra ela, e parabéns pela seção! Bem legal!

Giuliano disse...

Ao que me consta, essa moça nasceu pra jogar basquete.
Tomara ela vire uma fera e que comande a armação da seleção por longos anos.
Boa sorte pra ela, e parabéns pela seção! Bem legal!

Kátia de Araújo disse...

Posso lembrar de todos os momentos de Tássia, sentir saudades e me orgulhar sempre.

Amor eterno!

Sucesso!
DÊ SEMPRE O MELHOR QUE PUDER!

_________________________
O treinador deve-se conduzir de tal modo que sirva aos praticantes de ontem como uma recordação de todos os momentos vividos em sua juventude; aos praticantes de hoje, como um exemplo de sacrifício, de dedicação e de dignidade,amor e aos praticantes de amanhã, como uma esperança a mais em seu futuro".

Kátia de Araújo

Anônimo disse...

Olha o que a Kátia escreveu para Tássia, sucesso menina, você tem futuro. Armadora que a seleção brasileira está precisando.

Tássia,
vc me disse isso aos sete anos que nunca iria me esquecer, olha a carta abaixo confirmando.
Amor se contrói no dia a dia. Isso é nosso, é da nossa história... Construido em um percurso inesquecível.

Eu agradeço por ter falado de mim em sua entrevista, por lembrar de mim sempre! MUITO EMOCIONADA.... Com certeza, JÓIA RARA!

Meu maior prêmio e vê-la que onde está e cada vez mais próxima daquilo que planejamos e lutamos desde o dia que nasceu na minha vida e para o basquete.

O basquete com certeza agradeçe!
Te amo por toda a vida!

Wanilson G.S.Junior disse...

Essa menina tem futuro...
O discurso é bastante arrojado...,
Não a vi jogar, mais leio direto noticias sobre ela.
Dizem que é um fenomeno,
Tássia desejo Sorte !!! E Sucesso !!!

Dja disse...

Como eu já havia dito pra ela uma vez,"Muitaas serão estrelaas...maiis ela será uma lenda :D"
Ela é um grande exemplo de humildade,porque ela sabe do potencial dela,mas nem por isso fica se gabando ;) admiro mt isso nela
ela é a humildade em pessoa!
Um exemplo de vida,já passou por muita coisa na vida e ainda tá ai firme e forte!ela tem O DOM!
INESQUECÍVEL,quem já viu sabe como é e nunca esquece,mais qm nunca viu já ouviu falar e tá perdendo uma grande oportunidade de conhecer uma pessoa fabulosa..incrivel..e muito RARA!
ela é sempre alegre e contagia todo mundo..ela tem um ótimo espirito,convive muito bem em grupo,ela é uma excepcional jogadora,mas também é uma pessoa sensacional,maravilhosa amiga,simples,ótima conselheira,guerreira,vo parar por aki pq eu falo demais ne hehe mais eu nao me canso d falar,de uma das melhores pessoas q eu já conheci na minha vida!Tássia é especial demais,qm conhece tem sorte,pois é maravilhoso poder contar com ela..INCOMPARAVEL* Te amo MAIS que TODAS xD sempree
Vo sempre acompanhar seu suceesso msm,q nao ao seu lado em corpo mais em s2 torço MUITO por vc! Vc já é uma vencedora...mais sei q vo t ver no TOPO,onde ninguem nunca chegou ou sonhou chegar!
beeijao da sua grande amiga,irmã,admiradora,fã
sinto sua falta =/!

Cleverson disse...

Show de bola, Fábio!!!! Esssa menina vai ser destaque na seleção adulta logo, logo. Abraço! =D

Anônimo disse...

Tassia com certeza é um talento do basquete. Eu acompanho desde muito cedo. Sempre se destacando nas categorias, mesmo quando era 3 anos mais novas que as demais.
Esperamos que não seja mais um talento desperdiçado, que faça escolhas certas e conte com muito trabalho e dedicação.
Legal que tenha falado da Kátia, todos sabem do trabalho que esta técnica faz, ele sempre levou as equipes para disputa de medalhas.Com garotas formadas por ela.

Além de Tássia, a Patrícia, cestinha contra venezuela com 34 pontos no pre- mundial, também formanda por Kátia. Tatiane, de jundaí, geração 90, também vem da escola das mãos de Kátia.
Ela precisa voltar para o basquete, para revelar mais atletas, como essas...

Sucesso a todos, que nosso olhos se encham de alegria com meninas igual a tássia.