quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

O Jogo da Minha Vida, por Fábio Martins

"Na década de 80, ainda adolescente despertei para os esportes, principalmente devido ao vôlei, que passava pelo seu famoso “boom”. Era comum haver transmissões seguidas pela TV de vôlei, basquete e futebol- não necessariamente nesta ordem. Foi através de uma destas transmissões que eu conheci o basquete (feminino) e me apaixonei.

O jogo (amistoso) era entre a UNIMEP Piracicaba e a Universidade do Tennessee. Era um domingo de muito frio em São Paulo durante o mês de agosto - na minha lembrança há ecos do Pan-americano de Indianápolis, ou seja de 1987. No time da UNIMEP, tínhamos Nadia, Paula, Vânia Teixeira, Ruth e a ala-pivô americana Beverly no quinteto titular. A equipe norte-americana, sem muitos nomes renomados e apesar de ser campeã universitária daquele ano, não inspirou tanta dificuldades ao time brasileiro, que venceu até com uma certa facilidade.

Quem chamou muito a minha atenção foi a jogadora de número 4 (Paula) da Unimep, que durante uma jogada conseguiu roubar a bola da adversária e, mesmo ao cair sentada devido ao contato com a atleta norte-americana, conseguiu dar um passe para uma das companheiras anotar mais dois pontos.

Soube mais tarde, durante o jogo e através de meu pai, que me acompanhava na transmissão, que a Paula era uma das melhores jogadoras do mundo, e que se alguém pudesse fazer algo assim, seria ela. Também, para o “cartaz” da atleta havia o fato de ela ter nascido em uma cidade próxima da cidade natal do meu pai, no interior do estado de São Paulo. Naquele dia, a Paula ganhou mais um (entre muitos) admirador".

--------

Fábio Martins é brasileiro e mora em Dallas (EUA). Ele inaugura a seção "O Jogo da Minha Vida" com uma lembrança de Magic Paula, e eu, aqui do meu canto, peço que vocês façam o mesmo. A intenção é justamente essa - que vocês participem escrevendo, e não só eu.
Enviem as suas memórias, será divertido!

3 comentários:

Bert disse...

Muito legal a estréia da seção.

Não assisti a esse jogo, mas Paula é realmente fora de série.

Abs.

Giuliano disse...

Muito legal mesmo.
Engraçado que eu não tenho UM jogo assim que tenha me marcado indelevelmente.
Talvez algum dos jogos do feminino no Pan de Havana, especialmente a semi final (acho que contra os EUA), mas não lembro do jogo a ponto de poder escrever sobre ele.
Mas vou fazer uma força, e falar do outro jogo que me veio à cabeça: a final do mundial 94 contra a China, Brasil campeão.
Tem limite mínimo ou máximo de tamanho?

fábio balassiano disse...

giuliano, não!
o ideal é que o texto seja curto, mas você escreva como quiser, sinceramente! o email está aberto para conversarmos.
a final do mundial é sensacional mesmo!
abs, fábio balassiano