domingo, 13 de fevereiro de 2011

Semente

Tocou o telefone e um amigo emendou: "Bala, vi aí que faleceu um ex-jogador de basquete. Era conhecido?". Ele falava, obviamente, sobre Edson Bispo, e a culpa não era da pessoa que não sabia que se tratava de um campeão mundial e de um cara que conseguiu duas medalhas olímpicas (como se isso fosse pouco!).

Não dá, tampouco, para dizer que a culpa é inteiramente da CBB, porque a memória do brasileiro (em geral, claro) é muito curta (vide casos recentes de jogadores de futebol esquecidos pela CBF), mas seria muito importante se a entidade começasse a promover ações para que os grandes ídolos do basquete brasileiro não fossem esquecidos jamais.

Chegou a hora de criar um Hall da Fama, uma seção especial no site falando dos grandes ídolos, uma caravana com Wlamir (foto), Amaury e Waldir Boccardo - sei lá. São heróis da modalidade no país, e eu sinceramente não quero que meu telefone toque novamente perguntando quem são os caras que deram tantas alegrias para o país. Vamos plantar?

10 comentários:

autor disse...

isso ae cara :D

Xico Fredson! disse...

Poxa, cara. Bela iniciativa a sua. Confesso que tenho aprendido muito ao ler o seu blog, alguns mitos cairam por terra e muito foi aprendido nessas leituras, por isso sou grato. E com certeza, a criação de uma seção com esse intuito vai ajudar muito a divulgar ainda mais o conhecimento sobre quem são os nossos heróis no basquetebol brasileiro. A grande maioria conhece jogadores como Wilt Chamberlain, porque o feito dele, no caso marcar 100 pontos em uma partida, em distantes 1962, é comentado em partidas da NBA transmitidas no Brasil, quando se pergunta "quem foi o jogador a marcar mais pontos em uma partida?" , mas confesso que dificilmente ouço os narradores falarem ou comentaristas falarem durante as transmissões dos jogos pelo NBB nos jogadores da geração do Edson Bispo, do Wlamir Marques, Amaury Passos, e outros mais próximos, nem precisa ir tão longe, Chuí é um bom exemplo. Enfim, espero ansioso para ler as histórias do Hall da Fama dos nossos heróis.

Anônimo disse...

Um pais sem memoria nao existe. Por que entao nao lembremos que nunes e a contunidade do grego. Memorizemos ainda que o grego e seu pessoal sao os responsveis pelo nosso nao exercicio de lembrar,visto que nao lembro de nenhuma vitoria nos ultimos 11 anos nem com biotonico fontoura. Culpa da memoria ou da gestao, ou melhor da falta

Andre trira alves
Botafogo rj

vivaobasquetebol.wordpress.com disse...

Fábio

Seria importante termos esse resgate da memória do nosso basquetebol. Eu tenho algum material e vou postar no meu blog uma crônica que fiz em 2009, falando do grande basquetebol do Corinthians. O prof. Medalha tem um trabalho fantástico sobre o basquetebol masculino.
Acho que é hora de juntarmos forças para tornar esta ideia realidade.
Dante De Rose Junior

João Niederauer disse...

sENSACIONAL A IDÉIA É SEM DEMORA QUE TEMOS QUE CRIAR ALGUMA COISA QUE MOSTRE AOS MAIS JOVENS A HISTÓRIA DO NOSSO BASQUETE.
Só para lembrar as pessoas que dirigem as federações e a confederação estão a serviço dos clubes e entidades que fazem o basquete acontecer.Calma pessoal eu sei como funciona mas quem vota nos caras são os clubes e muitas vezes nós nos esquecemos delembrá-los a culpa também é nossa.
Abraço
Joao niederauerr

Anônimo disse...

Bala

Parabéns pelo blog!!!
Mas tenho uma reclamação!
É possivel algumas vezes que voce não queria encontrar os culpados sempre?
Nem todo mundo precisa conhecer todo mundo né...
Abraço
Josbei

Anônimo disse...

Bala aguardo sinceramente este Hall,
Colocar nomes de gerações como a de Wlamir, Ubiratan, Oscar e outros até bem mais recentes e uma questão de justiça e necessidade.
Também seria de bom agrado colocar a situação e condições do basquete brasileiro e mundial em cada epoca; afinal ja vimos aqui colocações erradas sobre jogadores campeonatos, e até pessoas colocando vitorias e conquistas de nosso basquete e nossos jogadores em demerito.
Com isto vc estara enriquecendo seus leitores, e lhes dando condições de entender melhor até o que acontece em nossos dias de hoje.

marcelo marques disse...

já demoraram uma grande perda

acho q o palmeiras fez uma pequena homenagem a ele na missa desse domingo no clube

marcelo marques disse...

http://www.palmeiras.com.br/noticias/2011/02/13/11h41-id4297-edson+bispo+idolo+do+basquete+alviverde+faleceu+em+sao+paulo.shtml

Anônimo disse...

bela semente...a coisa comeca ,me corrijam se estiver errado, com o bronze em 1948...olimpiada de londres..algodao e outros, q , caso tivesse um hall,livro,repeito..eu lembraria