sábado, 12 de fevereiro de 2011

Perdemos um herói

Faleceu, na madrugada de hoje, Edson Bispo aos 75. Pivô de 1,98m, ele fez parte da geração mais vitoriosa do basquete brasileiro: foi campeão mundial em 1959 (11,2 pontos de média), obteve dois bronzes em Olimpíadas (1960 e 1964), três medalhas Pan-Americanas (bronze em 1955 e 1959 e prata em 1963) e dois títulos sul-americanos (1958 e 1960). Como treinador, teve o retrospecto de 40-13, conquistando o ouro (1971) e o bronze (1975) em Pan-Americanos, além do sul-americano de 1973.

No Orkut, Wlamir Marques disse o seguinte: "Edson foi o pivô titular em 1959 no Chile quando ganhamos o primeiro título mundial e jogava muito . Me desculpem, depois eu conto mais detalhes sobre a sua vida - agora não consigo".

Se o mestre não consegue descrever o sentimento em relação a esta perda, eu tampouco consigo. Edson Bispo (cremado amanhã às 12h no crematório de Vila Alpina em São Paulo) foi um dos grandes do basquete brasileiro, e se mantinha atuante e com comentários pertinentes sobre a modalidade. Hoje é um dia triste para todos nós.

8 comentários:

Dante De Rose Junior disse...

Edson, Wlamir, Mosquito, Rosa Branca, Amaury, Jathir, Succar, Menon, Bira, Victor, Pecente, Waldemar, Boccardo, entre outros.
Esses foram e sempre serão os grandes heróis do nosso basquetebol. Não é saudosismo. É a realidade!

Anônimo disse...

Descanse em Paz...Verdadeiro Héroi!!

A seleção do Céu seguramente está mais forte.

Anônimo disse...

Um dia muito triste. Lembro das palavras do mestre Joy: Bispo é um os grandes. E tinha total razão......um tempo diferente, feito à base de entrega, de respeito ao esporte.....Deus o tenha !!!

Atauã Rodrigues disse...

Obrigado Edson Bispo! Pela sua determinação dentro e fora das quadras,pelo projeto social com crianças em São Paulo. Vai com Deus Edson Bispo, como diz o hino nacional "Gigante pela própria natureza".

João Niederauer disse...

UMA GRANDE PERDA PARA O BASQUETE BRASILEIRO E MUNDIAL. COMO FOI DITO NO SPORTV A GERAÇÃO DE OURO DO BASQUETE BRASILEIRO PERDE UM GRANDE IDOLO.
MASCOM CERTEZA ESTÁ EM BOAS MÃOS.
JOÃO NIEDERAUER

Anônimo disse...

Que Deus o abençõe, obrigado por tudo!

Xico Fredson! disse...

Realmente essa perda é grande para todos os amantes do basquetebol, é um pouco da nossa história que se vai. Parte o atleta, mas ficam a lembrança e a glória, que fazem dele eterno.

Henrique Lima disse...

Perda incrivel.

O basquetebol está de luto.

Bala, teremos na rodada de domingo um mintuo de silencio em respeito ao Bispo ??

Sabe dizer isso ?

Abraço