sexta-feira, 18 de junho de 2010

A um passo

Kobe Bryant cavava o seu buraco até o começo do quarto período do decisivo jogo 7 da final da NBA de ontem à noite. Mas no final, sabe-se lá de onde, o camisa 24 tirou forças, anotou pontos decisivos e levou seu time ao título. Não foi tão simples assim quanto escrever estas palavras, mas está lá: o craque acaba de conquistar o seu quinto anel e (pronto!) ficar a apenas um de Michael Jordan.

A questão, sinceramente, não é saber se Kobe é melhor que Jordan (não é!), nem se ele é mais jogador que LeBron James (ele é), mas sim em que categoria de gênio Bryant se enquadra. Dono de um dos estilos mais plásticos já vistos em uma quadra de basquete, há críticos que o colocam no patamar do ex-ala do Chicago Bulls. Outros, abaixo de Larry Bird, por exemplo.

Eu, sinceramente, não consigo avaliar assim tão friamente. Kobe Bryant é um gênio, um dos maiores que já vi, e seu lugar na história está guardado mesmo com atuações tão ruins como a da última noite. Ao final da partida ele disse que este é o mais saboroso dos títulos porque foi o mais suado deles. Pode ser que a frase se repita no ano que vem. Por enquanto, o cara acaba de colocar mais um tijolinho em sua estátua na frente do Staples Center.

10 comentários:

Anônimo disse...

verdade bala.
o kobe é craque!
merece respeito

edu

Fábio disse...

E outra coisa, o Kobe tem 31 anos, ainda tem umas 4 temporadas em alto nível, qdo ele se aposentar..aí sim podemos dizer em qual patamar ele está..esse negócio de comparações é meio chato, quanto ao Lebron ainda tem muito caminho pra ele percorrer até chegar ao nível de Kobe

Glauco Nascimento disse...

Essa coisa de comparação é desnecessária, cada um com seu talento. Kobe é um monstro nas quadras. O cara esta jogando com um problema no dedo desde a temporada passada se não me engano.

Anônimo disse...

bala, http://loslakersbr.tumblr.com/ esse meu tumblr tem varias fotos do time .... vê as fotos da comemoração do lakers lá! =D

João

Anônimo disse...

Bala, no meu entender é assim:

Jordan = Unico e Maior

Kobe = Entre os melhores de todos os tempos.

Preciso confessar como torcedor do Lakers que o cara ta tirando o Magic do posto de meu maior idolo na franquia.


Quanto a Lebron, deixa pra lá, vamos falar apenas de quem usa ANEL. rssssss


Abs

Alexandre Reis

Luis Guilherme disse...

Acompanho basquete desde 90 mais ou menos, na minha opinião MJ eh insuperável, mas o Kobe é o que está mais perto dele. Não tem como compara-lo com ninguem atualmente,Lebron eh um monstro tb, mas tem muito o que aprender ainda. O cara é completíssimo, marca como poucos, no ataque acho que nem precisa dizer nada, concordo que ele força muitas bolas (como ontem), mas suas habilidades são indiscutíveis.
Título mais do que merecido contra o time mais arrogante da liga.

Anônimo disse...

Kobe é fantastico,mas não figuraria na minha lista dos 5 maiores da NBA.Com todo o respeito aos seus 5 titulos e outros que possam vir.Ele não é maior que Kareen,Magic Johnson, e chamberlain.Isso no lakers.Ai vem,Pippen e Jordan (O maior),Larry Bird ,Parish,Isaiah Thomas,....Essas comparações são complicadas....Mas ,ele é o melhor do momento..rs
me

Anônimo disse...

anonimo de cima, o kobe superou quase todos os recordes do lakers....ele com certeza está entre os 5 melhores e como o melhor de todos os tempos do lakers.

Anônimo disse...

POR FAVOR ANÔNIMO. UMA COISA É ESCREVER COM PAIXÃO, NAO COLOQUE PARISH, ISIAH THOMAS, PIPEN NO PATAMAR DO KOBE POR QUE ATÉ O DOC RIVERS E O POVO ARROGANTE DO TIME VENCIDO O COLOCARIAM MUITOS PATAMARES ACIMA DOS ESFORÇADOS ACIMA.
O CARA É GENIAL E PRONTO, GOSTEM OU NAO.
NILTON

Rafael B. disse...

Kobe < Parish, Isiah e Pipen? Nem tanto né? Chamberlaint foi um monstro, mas o basquete era muito diferente na época, Russel também, então esses realment não dá para comparar. Para mim ele está no mesmo nível de Magic e Bird atualmente, pelos números, títulos e tal, talvez até um pouco acima, mas alcançar o Jordan vai ser muito difícil. Teria que ser uns 8 títulos, mais uns 2 mvps, maior cestinha da história, e por aí vai. Não é impossivel, mas é dificil.