sábado, 5 de junho de 2010

De amanhã não passa

Deste domingo não passa (10h, com transmissão do Sportv). Diante de cerca de seis mil torcedores, Anápolis verá o campeão do NBB2. Sem, na prática, o mando de quadra que lhe cabia, Brasília terá que segurar o ímpeto do Flamengo, que tenta o tricampeonato, para se livrar da pecha de vice-campeão (o time perdeu dos rubro-negros nas duas últimas decisões nacionais, além do título carioca, quando atuou com a camisa do Vasco).

Para mim, o fator decisivo será o mesmo de toda a série. Se o Flamengo conseguir defender como no jogo 4, será difícil que não saia com o caneco. Se Brasília não se enrolar na marcação, como aconteceu na quinta-feira, terá também boas chances. Isso, claro, sem falar no começo da partida, que sempre é decisivo em jogo de eliminação.

No final das contas, ainda acho que dá Flamengo. E você, o que acha?

3 comentários:

Bruce disse...

Brasília ainda tem o mando de quadra Bala, como não?

Se o ginásio não oferece condições, e Brasília não tem outro do mesmo nível, vai fazer o que?

Como postaram lá no outro post, Brasília NÃO FOI PUNIDA!

Fato que agradou o advogado Bruno Minioli, do Brasília e seu time, que temia perder o mando de campo:

“O adiamento para nós foi favorável, porque a gente vai conseguir ter mais acesso ao processo. E também será importante para que se tire o calor do caso. O melhor é deixar a poeira baixar para que possamos analisar sem emoções. Com certeza a comissão vai poder decidir o caso com a razão”.

fábio balassiano disse...

bruce, o que quis dizer é que brasília tem o mando de quadra teórico.
amanhã é, como diz o nbb, quadra neutra.
e em anápolis sabe-se lá como será a divisão do ginásio.
Abs, Fábio

Chizu disse...

Fábio, quadra mais que neutra, ainda mais com os preços absurdos cobrados pela liga: Arquibancada: R$ 40 (R$ 20 a meia)- Cadeiras: R$ 80 (R$ 40 a meia). Para se ter uma idéia, jogo da seleção brasileira de vôlei no Nilson Nelson nos dias 12/13 o preço da cadeira é R$ 60,00 a inteira.