segunda-feira, 7 de junho de 2010

Boston empata a série

Ray Allen bateu o recorde de bolas de três pontos em finais de NBA (foram oito, e 32 pontos ao todo), Rajon Rondo terminou com um triplo-duplo (19 pontos, 12 rebotes e 10 passes) e o Boston venceu os Lakers, em Los Angeles e esbanjando autoridade, por 103-94, empatando a final da NBA em 1-1. Agora, os Celtics voltam para casa e levam o caneco se vencerem os três jogos (o fato aconteceu duas vezes na decisão da liga apenas). Isso tudo, vale lembrar, sem atuações boas de Kevin Garnett (seis pontos e rebotes) e Paul Pierce (2/11).

O aproveitamento dos três pontos (5/20), os 15 erros e os 13 rebotes ofensivos do Boston foram cruciais para que a invencibilidade dos Lakers em casa na pós-temporada ruísse. E ruísse em um momento terrível. Andrew Bynum (21 pontos, seis rebotes e sete tocos) e Pau Gasol (25 pontos, oito rebotes e seis tocos) foram os melhores angelinos - Kobe Bryant, pendurado em faltas e afobado no ataque, não foi bem, errando 12 de seus 20 arremessos e desperdiçando cinco bolas.

A questão, agora, é saber se o Boston consegue matar tudo em casa, ou a série volta para Los Angeles. Pelo que jogou hoje, os Celtics mostram ser mais que capazes.

10 comentários:

Anônimo disse...

edu
bala, o allen matou mta bola, mas o craque foi o rondo
acho que o boston fecha em casa

Anônimo disse...

guga

que jogo do boston! meu deus.
cadê o kobe?

Contini disse...

Beleza, Bala?
Apenas para constar, o Miami também venceu os três jogos em casa contra o Dallas, no ano em que Wade pôs o time nas costas e levou a franquia ao título.

Nairo disse...

essa de "cadê o kobe?" ja ta ultrapassada. inventa outra

fábio balassiano disse...

verdade, contini.
minha memória me traiu...
corrigi lá.
abs e valeu
fábio

Anônimo disse...

Bala, acho que preciso mudar meu palpite.

La em 7. Quando pensei em 6.

Abs

Alexandre Reis

Duda 11 disse...

Quando o Boston começa a fazer aquelas cestas em que todos passam a bola rapidamente e alguém aparece lá debaixo para marcar os 2 pts, é difícil de perder! Time entrosado e cascudo! Bala, mas cá entre nós, aquele tempo do Doc Rivers no final do jogo foi espetacular hein? Não tem como um técnico estar mais ligado que aquilo! Nossos treinadores poderiam pegar a cena como exemplo de comportamento, ao invés de ficarem preocupados em pressionar a arbitragem!

fábio balassiano disse...

verdade, duda11. foi sensacional o pedido do doc rivers.
tão sensacional quanto o abraço que o garnett deu nele!

Abs, Fábio

PauloRJ disse...

Como as opiniões mudam por causa do resultado de um jogo...Depois do 1o jogo tinha gente falando que o Lakers ia varrer o Celtics...agora todo mundo está falando que a série não volta pra LA...

A beleza das finais da NBA é que elas são decididas em 7 jogos, o que dá tempo de fazer os ajustes de um jogo para o outro.

Digo mais, Boston só ganhou ontem porque o Kobe esteve com problemas de faltas, pois apesar do Ray Allen ter "matado a pau" no 1o tempo, no 2o tempo já foi visível o ajuste do Phill Jackson: Na hora que o Allen passava pelos "Screens" o outro jogador grudava nele e a única bola de 3 que ele meteu no 2o tempo foi no fastbreak, 27 pontos no 1o tempo e 5 no segundo... com o Kobe pendurado (para mim a falta de ataque em cima do Allen não existiu assim como aquela em cima do Rondo) ele não pode ser agressivo nem na defesa nem no ataque e aí a vaca foi pro brejo...

Enfim, eu espero mais ajustes do Zen Master e eu não me surpreenderia se LA roubasse a próxima em Boston...para mim está começando a cheirar a série de 7 jogos....

Anônimo disse...

Eu já achava o Boston favorito, e disse, (não sei se nesse blog, ou em outro) que o Celtics é especialista em reverter essas trozobas que eles tomam. Foi assim com o Cavs no jogo três quando tomaram a maior catracada da história verde e branca em um playoff. O que se assucedeu dispois? Comeram LeBron James com azeite e sal.Surpresa seria se com aquela facilidade toda que o Lakers venceu, eles perdessem o segundo jogo. Continuo dizendo, Boston favorito, antes eu não me arriscava a dizer em quantos jogos. Mas dispois do jogo de onti, num será loucura se os jogos não voltarem para Los Angeles.

Heverton Elias