quarta-feira, 9 de junho de 2010

Os melhores do NBB2

Saiu ontem, em São Paulo, a premiação com os melhores do NBB2. Veja abaixo os ganhadores dos prêmios.

Melhor Jogador: Marcelinho (Flamengo)
Armador: Fulvio (São José)
Alas: Alex (Brasília) e Marcelinho (Flamengo)
Pivôs: Guilherme Giovannoni (Brasília) e Murilo (Minas)
Sexto homem: Nezinho (Brasília)
Revelação: Raulzinho (Minas)
Jogador que mais evoluiu: Audrei (Joinville)
Melhor Defensor: Alex (Brasília)
Técnico do Ano: Lula Ferreira (Brasília)
Craque da galera: Marcelinho (Flamengo)
Árbitro destaque: Sérgio Pacheco

16 comentários:

Luis Guilherme disse...

Lula de melhor técnico é sacanagem. Desculpas pra quem gosta dele, mas acho ele um dos piores técnicos que tem.

Anônimo disse...

Achei uma sacanagem o Guilherme Giovanonni, não estar entre os melhores fez um grande campeonat, mas depois do Lula melhor tecnico do ano, tudo pode acontecer, os demais eu concordo

rao* disse...

Na sua relação ele ganho 3 premios, mas na foto ele parece segurar 4 troféus, eles ganho mais algum ainda eh?

Anônimo disse...

prezado bala:
sou assoduo leitor de seu blog pois vejo em vc que suas opiniões e/ou criticas são sempre bem embasadas.
Para não sair de sua linha de atuação, e pelo tempo que acompanho o basquete brasileiro, há mais de 4 decadas, tenho que concordar que o basquete praticado no Brasil tá em um nivel fraquisssimo.
Essa constatação esta evidente, pois os atletas Fulvio e Giovanoni após atuarem na europa voltam ao nosso pais e mostram como deve ser jogado o basquete, pois foram eleitos pelos tecnicos e jornalistas especializados(?)como participantes da "seleção" do NBB 2.
Até quando teremos que conviver com tecnicos e táticas defasadas em relação ao cenario mundial?
Até quando teremos que conviver com a necessidade de nossos jogadores evoluirem em outros centros?
Espero,"per no mucho" que essa guinada comece agora com o Magnano.
um abraço

Anônimo disse...

Rao *

o quarto trofeu do marcelo machado e de cestinha da competicao, mas o bala nao gosta de falar muito dele....

fábio balassiano disse...

rao*, é de cestinha
abs. fábio.

Toledo/MG disse...

Os critérios nem sempre são justos mas, vá lá, são critérios. Universo e Flamengo fizeram a grande final, foram os melhores times, e mereciam ter o maior número de destaques, ainda que o Flamengo só tivesse o Marcelinho premiado, mas Franca chegou em 3º e não ganhou nada, fazer o quê.

Anônimo disse...

Marcelinho mereceu mesmo. Carregou o Fla na temporada e ainda bateu o recorde nacional de pontos.

Agora, Lula Ferreira melhor técnico? Que porcaria é essa? Teve disparadamente o melhor time e investimento, ainda deu um susto danado nos candangos, precisando decidir na última bola as 3 partidas que venceu na série 3x2.

Anônimo disse...

A NBB, não poderia deixar de ser diferente de todos os setores do nosso país, onde a política, os conchavos, os interesses e as injustiças são superiores a honestidade, a seriedade e a competência.

Anônimo disse...

O craque da galera?

Sério gente, piada né. risos

Anônimo disse...

Só se for o crack da galera (torcida do Flamengo) kkkkkkkkkk

Anônimo disse...

ALGÉM VIU ALGO DE POSITIVO? OLHA O COMPLEXO DE VIRA LATA!!! ELEOGIEM DE VEZ EM QUANDO AO MENOS.

Toledo/MG disse...

Anônimo das 23:01, quem está satisfeito provavelmente se calou e foi dormir sorrindo. No meu entender, este é um espaço bastante adequado para que as pessoas que acham que as coisas poderiam ser melhores se manifestem. O Bala tem permitido isso democraticamente, e é muito legal. Agora, se para você está tudo bem, então escreva uma carta de apoio ao Byra Bello e aos dirigentes do basquete, dizendo que tudo está maravilhoso e como nós somos chatos, e veja se coloca pelo menos uma identificação nela.

Anônimo disse...

Tb não acho o Lula o melhor técnico. Tinha o melhor time no papel e o maior investimento. E sofreu horrores para bater o Minas e o Universo nas semi e finais. Além de perder jogos bobos na fase de classificação, incluindo um de 20 pontos em casa para o Minas. Com o time que tinha, era pra varrer todo mundo (menos os outros três primeiros). Ele é inteligente, bom técnico, mas este ano não tinha o time na mão, claramente. Mas, na verdade, não sei para quem daria o prêmio de melhor técnico. Não vi nenhum se destacar.

Anônimo disse...

O que me intriga, é que todo técnico que trabalhou na NBB, nesta 2ª edição, tem cara de bobalhão. Não vejo estas fisionomias em outros esportes. Este detalhe foi assinalado por minha mãe e minha esposa. Amigos, o público quer ver gente bonita na TV, e não um monte de mal acabados.

Anônimo disse...

byra bello para melhor comentarista ?????