quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Vale muito

Não é apenas mais uma noite de temporada regular para o Miami Heat. Em casa, o time tentará se recuperar do tombo diante do Utah justamente contra o maior rival na conferência Leste, o Boston Celtics. Para bater os verdes, porém, precisará corrigir muita, muita coisa.

Para começar, no sistema ofensivo. Por mais difícil que fosse, o técnico Erik Spoelstra acabou caindo na bobagem de "deixar os craques resolverem" no ataque. Mal organizado na frente, o Miami faz com que Dwyane Wade, LeBron James e Chris Bosh. Sem pensar muito, o trio joga entre si e não envolve os companheiros. Já vimos filme repetido no Cleveland, não?

Na defesa, porém, o drama é maior. Contra o Utah na terça-feira, o ótimo Paul Millsap fez 46 pontos (três bolas do perímetro!) e denotou Chris Bosh no garrafão. O time de Jerry Sloan, muito mais bem organizado, tirou 22 pontos de diferença, fez 42-29 no último período e levou o Miami à loucura com as infiltrações precisas de Deron Williams.

Pode parecer drama demais para um time ainda em formação e com seguros 5-3 de campanha. Mas o fato é que o Miami Heat precisa mostrar um pouco mais de segurança - para si mesmo e para seus torcedores. Do contrário, o fantasma de uma possível volta de Pat Riley vai continuar a assombrar a Flórida.

12 comentários:

Anônimo disse...

Bala, o que estamos vendo é o que ja era esperado.

O Heat ainda não é um TIME, tem muito tempo pra se tornar um TIME antes dos playoffs, so depende do trabalho em conjunto da comissão tecnica e jogadores.

Abs

Alexandre Reis

Heber Costa disse...

Além do que Alexandre disse acima, um dos graves problemas do Heat é presença no garrafão. Antes eu achava que era altura, mas não é só isso. Ilgauskas é alto, mas é um jogador clássico, de arremessos curtos, não de força. Bosh está investindo cada vez mais em chutes de média distância (especialmente da cabeça do garrafão), no que ele é muito bom. Restam Anthony e Haslem, que na verdade não são tão bons assim no low post.

A falta de força no garrafão tem conseqüências graves: o Miami é apenas o décimo em rebotes/jogo, quesito em que times mais fracos estão na frente, como Toronto, Golden State e Minnesota; outra é que o time fica dependendo dos arremessos de fora, o que na hora do desespero pesa mais contra do que a favor.

Gabriel disse...

Eu ainda não sei como um tecnico eh capaz de deixar acontecer o q se ve em Miami.Não existe um armador la? Pelo q me consta Arroyo e Chalmers não são dos piores.Mas eu,q nem torcedor do Heat sou,me irrito quando o James pega a bola no esquece *deixa comigo*.Isso eh coisa de rachão,de colegio.Ninguem eh campeão na NBA assim.Nem Jordan foi.Eh ridiculo.Ele ja fazia isso em Cleveland,bancando o armador e nunca deu certo contra times minimamente organizados.Contra times poderosos entao...
Em nenhum momento superestimei essa equipe do Miami.Não acho tudo isso não.O garrafão eh fraco.Chris Bosh eh muito bom jogador,mas ainda não consegue enfrentar um pivo forte ou um ala de força mais tecnico.Vai sofrer muito contra Duncan,Gasol,Bynum.Enfim,se muita coisa não mudar la,eh melhor o pessoal da Florida colocar as barbas de molho.

RASBRITO disse...

E ainda diziam que esse time do Heat iria superar a campanha de 72-10 do Chicago Bulls 96/97.

Piada...

Anônimo disse...

pior ainda, tinha gente aqui na semana passada dizendo que o Deron williams estava abaixo de uns 4 ou 5 outros armadores.

fábio balassiano disse...

aNônimo, aceito a crítica, mas não coloquei o deron no post pq o utah estava mal.
hj falarei dos jazz por aqui.
mas o deron é craque!

Abs, Fábio

José Rodrigo disse...

Bala, você que é uma espécie de PVC do Basquete, diga-me uma coisa:

Você sabe (ou pelo menos se lembra) de um time que venceu 3 partidas seguidas de virada quando chegou a estar perdendo de + de 20 pts.
Meu Utah tá demais...

Gabriel disse...

Nada a ver com o post,mas alguem ai presenciou a monstruosa atuação do John Wall ontem?Ficou a 4 roubadas de quadruplo duplo.Eh isso mesmo?

fábio balassiano disse...

gabriel, eu vi.
no final do jogo, eu torcia desesperadamente pro menino conseguir roubar bola até dos companheiros! seria histórico, mágico, genial!

Abs, fábio

fábio balassiano disse...

josé, o texto do utah vem de tarde, ok?

Sobre a sua dúvida, vou pesquisar, mas não tenho essa estatística. de todo modo, é assustador o que o utah vem jogando

abs, fábio

peter disse...

o Heat só será candidato ao título na próxima temporada. esse ano estão abaixo do Celtics e Lakers.

PauloRJ disse...

Peter, isso se tiver a próxima temporada....

Acho que o Celtics esse ano é o candidato a ser batido no leste, com Miami e Orlando vindo atrás.....

No oeste tem o Lakers e os outros....

Se esse ano a final for Lakers x Celtics de novo prevejo grandes jogos, pois ambos os times melhoraram o elenco na pós-temporada....