segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Sim, Carina é seleção

Recentemente o Bert escreveu um texto sobre a ala Carina Felippus - e eu discordava sobre uma possível convocação dela à seleção brasileira. Não passou um mês, e sou obrigado a rever minha posição: sim, Carina merece muito ser convocada.

Dona de sólidas médias na LBF (13,5 pontos - sétima melhor marca da liga -, quatro rebotes, 60% de aproveitamento nos dois pontos - quarto melhor índice da liga - e 2,1 assistências), é Carina quem mantém o equilíbrio de um time que, como quase todos os outros do basquete feminino brasileiro, abusa da correria. Com a elegância de seu basquete, é a ala de 31 anos e capaz de jogar em duas posições (3 e 4) que muitas vezes toma conta da partida - como foi no último sábado quando Americana bateu Ourinhos com 16 pontos da camisa 11.

Virou clichê dizer que a jogadora não poderia jogar na seleção porque não era ágil para a posição três e baixa para ala-pivô. Então vamos mudar a ordem das coisas: Carina tem dado verdadeiros bailes em atletas que atuam nas duas posições - algumas delas com passagens pelo time nacional. Na boa, não há mais motivo para duvidar do talento dela, e nem há mais razão para não convocá-la para a seleção que disputa o Pré-Olímpico neste ano. Torço para Ênio Vecchi estar atento a atleta mais cerebral do país na atualidade.

10 comentários:

Anônimo disse...

Parabens pelo texto bala!
Legal você reconhecer o talento da atleta.
sou fã da carina também, desde os tempos de catanduva!


hugo

fábio balassiano disse...

fala, hugo, beleza?
sempre gostei do basquete da carina, e acho que agora ela adquiriu mais confiança em americana. seu jogo, que era bonito, ficou consistente e sólido!

Muito bem ela está!

Abs, Fábio

LUIZ disse...

Eu acompanho os Nacionais de basquete feminino já tem alguns anos e, sinceramente, nunca vi a Carina jogando de ala.

Para mim isso é novidade.

Anônimo disse...

Acho uma boa mesmo. Dai a gente já enterra de vez Karen, Silvia, Micaela, Belling, Karla... chega destas alas meia-boca!!!!

Fernando disse...

Coitada da Carina, virou a salvaçao da lavoura [risos].

Enfim, como nao tenho absolutamente nada contra a atleta, vou preferir ficar aguardando a convocaçao para o preolimpic: sem torcer contra ou a favor.

Anônimo disse...

Concordo com vc Bala.

Não há pq a Carina não estar nos planos da seleção.

Leonardo Rodrigues

Anônimo disse...

A Carina joga há anos revezando na posição 4 e 5. Agora querem inventar que ela joga de 3. Não força a barra vai...

Isso porque todos sabem que temos três novas opções (Fran, Damiris e Nádia) já testadas e aprovadas para a posição que a Carina está mais acostumada a jogar: ala/pivô.

João Niederauer disse...

Olha é dose achar que essa jogadora pode jogar na seleção brasileira .É só uma boa jogadora apenas isso .

Anônimo disse...

A Karina deve jogar na posição 4. 5 ou 3 nem pensar.

Entre ela e a Silvia Gustavo, hoje a fase da Karina é muito melhor.

Fernando Santos disse...

Vamos longe com Clarissa e Carina na seleçao.

o.0