sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Rubén mostra o caminho

Não existem adjetivos para qualificar o bom trabalho que Rubén Magnano tem feito pelo basquete brasileiro desde que por aqui chegou há menos de dois anos. Se dentro de quadra os resultados não saíram como nós (e nem ele) esperávamos, fora dela o desempenho do argentino tem sido inacreditavelmente bom.

Depois do Mundial da Turquia, Magnano viajou por inúmeros estados do Brasil (duvido que algum treinador daqui tenha ido ver jogadores no Acre), deu "clínicas" "desenhando" no chão com pedaço de pedra para treinadores de algumas localidades e pôde ver exatamente o que é (ou não é) o basquete do país. Se isso não bastasse, pediu à CBB para morar em São Sebastião do Paraíso com o objetivo de acompanhar os treinamentos da seleção de desenvolvimento (Sub-19). Como prêmio aos atletas vistos pelo hermano, Vanderlei me garantiu que alguns jogadores de estados que pouco vemos nas seleções (ele me citou Bahia, Mato Grosso e Pará) serão convocados para treinar com Sub-15, Sub-16, Sub-17 e Sub-19.

Não sei se é preciso lembrar que se trata de um campeão olímpico que está fazendo isso com e pelo basquete brasileiro, mas se há uma coisa que a CBB acertou, esta é a contratação de Magnano. E o melhor: a Confederação está escutando aparentemente tudo o que o cara fala a respeito de como moldar uma modalidade cada vez melhor. Ninguém duvida de que Rubén sabe qual é o caminho do sucesso.

15 comentários:

Anônimo disse...

Quem são os jogadores da seleção permanente?

Jonathan Soares disse...

Pow a Melhoria da Base do Brasil Passa nas Mão de desse Cara e ele Ta Fazendo Bem Seu Trabalho, depois de do Acre Acreito em Tudo que Esse Cara Possa Fazer, Mas a Convocão de Jogadores de Bahia, Mato Grosso e Belém e Uma Boa, Em Belem Posso Falar Tem Varios Talentos Surgindo, Vamos Ver no que dar Pra Fazer Mas Ruben Esta de Parabens!

Anônimo disse...

Caro Fábio, ele tá fazendo o óbvio: viajando pelo país para observar os melhores jogadores....o maior absurdo é que teve que vir um técnico de fora do país para fazer isso... a politicagem imperava e ainda impera mas o cara é CAMPEÃO OLÍMPICO...isso ta falando mais alto.

Um abraço.

Guto Sousa disse...

Bala, realmente 'Magnano é um Oásis na aridez que virou nosso basquete e "nossa" Confederação.

Dica: que tal substituir "Belém"por "Pará", já que vc estava falando de estados brasileiros?

Abdala Salomão disse...

Fábio,parabens pelo Blog, acompanho sempre seu trabalho,não tenho costume de fazer comentários,mais leu diversos comentários,uns polêmicos,outros verdades verdadeiras,mais enfim é uma forma de contribuir com o crescimento do nosso basquete, se manifestando.Bem não poderia deixar de dar minha opinião após ler este artigo, não consegui me conter..rs..Agora sim,realmente a CBB acertou em cheio nesta contratação,isto que este "rapaz"(Magnano) está fazendo é o que já deveriam está fazendo a anos no país.Que bom que ele está numa situação privilegiada veio somente para fazer isso,e o faz muitissimo bem. Coitados dos nossos técnicos anteriores, que não tinham apoio para tanto, se ausentassem de suas cidades, como que pagariam suas contas, nunca foram exclusivos.Este sim é o trabalho correto,ver o basquete do Acre até o R.Grande do Sul, tem muito garoto bom, tem muitos profisionais que amam o basquete da mesma forma(ou até mais) que os dos grandes centros.Creio que está chegando o momento desses técnicos e atletas serem valorizados, o pelo menos,notados.Olha, estou contente, se este "moço" está fazendo o que fizeram em seu país(Argentina),temos um futuro brilhante com essa mulecada talentosa que temos.Fico mais feliz ainda em ler que garotos dos Estados do Norte e Nordeste terão chances nas Seleções de base, mais sem politicagem em troca de votos de presidentes de federações, mais por talento e mérito e esforço que quem os treina que também estão sendo valorizados com a presença dos técnicos das Seleções do Brasil por lá em Clinicas, trocando informações, ensinando e vendo a falta de apoio que por lá sempre existiu.Vou encerrar deixa mais uma vez PARABENS, creio que agora vai, SENSACIONAL Projeto de Seleções de base permanentes, é a chave do sucesso. E para fechar, já que a CBB está verdadeiramente profissional,custou mais está acontecendo, fica uma sugestão:Diretor Vanderlei,tem muitos jovens entre 20 e 22 anos, mais muito bons de bola, jogando muito,que merecem também serem notados,se voces andarem mais um pouco vão achar facilmente estes futuros craques,mais são muitos.Quem sabe uma Seleção permanente para eles também, tipo antigas Seleções de Novos, lembro bem de Isarel, André,Guy,Cadum, Kléber,Sarro, Rudinei,Sartori,Ivan,Bigú e por ai vai,alguns "seguiram" outros não, mais é da qualidade que se chega na excelência. Grande abraço a todos que participam neste Blog e ao "Chefe" do mesmo. Boa CBB(só no masculino,pois no feminino a LUZ está pra lá do fim do túnel.

Abdala Salomão
Assoc.Atlética Abdala Sports
Pindamonhangaba/SP

Dante De Rose Junior disse...

Caro Fábio

Acrescento aos seus comentário o grande apoio e a participação ativa do Magnano na Escola de Treinadores.
Ele está ajudando a desenvolver essa ideia com sua experiência e também atuando nos cursos.
Isto nos dá muita força e nos faz acreditar que estamos no caminho certo.

Abraços

Dante

Anônimo disse...

O Magnano é e será cada vez mais, a grande diferença da seleção masculina para a seleção feminina.
Enquanto a Hortência se sente insegura para ter ao seu lado um treinador campeão e prefere entregar a seleção a eternas apostas (Colinas, Enio e Janeth) o Vanderlei não tem esse problema e sabe que seu trabalho se tornará melhor tendo um treinador campeão olímpico ao seu lado.

No futuro nossa seleção masculina estará jogando um basquete do nível de um campeão olímpico e nossa seleção feminina (que já jogou do nível de um treinador juvenil) jogará no nível de um vice-lanterna de NBB e 11.º lugar em Campeonato Mundial.

Simples assim!

Arthur Malaspina disse...

Não entendo as críticas e ressalvas que algumas pessoas tem à um técnico estrangeiro na seleção brasileira. Pelas discussões que acontecem na internet vejo muita gente que é realmente contra o simples fato de Magnano estar trabalhando aqui e bradam para todo mundo ouvir que "temos grandes técnicos que poderiam fazer o mesmo".

Não entendo essa postura porque não acredito que a ideia seja que para sempre os técnicos da seleção sejam estrangeiros, mas que voltem a ser brasileiros assim que tanto a seleção, quanto as categorias de base estejam estruturadas. Então, para que essa revolta que vemos por aí?

Anônimo disse...

Parabéns ao Magnano por esse trabalho bem feito, e que venham os frutos para o Brasil e para ele.

Anônimo disse...

Desde que ele não ensine a como se defender um pick and roll (Scola 2010 = 38 pontos.
É engraçado se dar essa valorização a um treinador que não foi capaz de defender a jogada mais utilizada no basquete mundial...
Basquete no Acre? Fala sério, Abdala....

Anônimo disse...

Anônimo das 12:28. Quem sabe vc, grande treinador que deve ser, ensina o "fraco" Magnano". Ora bols, vai assistir vôlei que é mais fácil de entender.

Marcus disse...

Entendo que o Magnano está fazendo um excelente trabalho e ainda servindo de exemplo. Porém creio que centralizar tudo na mão dele é demais, mesmo sabendo de seu vasto conhecimento técnico. Creio que deveria haver instrutores e técnicos por todo o país "filtrando" as informações que chegam a ele.
Abraços

Anônimo disse...

Centralizando?

Existem três treinadores à frente do trabalho, o Magnano não é o responsável direto, ele acompanha e dá assessoria.

Anônimo disse...

Meus amigos, o magnano disse a um grupo de técnicos que eu estava presente que nós técnicos deveriamos estar de olhos abertos por termos um técnico argentino no comando da nacional, rsrsrsrs bobo ele não é...o cara já conheceu o Brasil do acre ao rs pela agencia de viagens vandeco da pipoca e carlinhos omisso no aarrrrrrrrr....rsrsrnada contra ele ser argentino , mas de novo bom argentino está na argentina, esse sr não conhece o basket Brasileiro e nem vai conhecer na hora da verdade contra los hermanos ele deixa o pic parta eles...

bigmanrj disse...

Alguns chiaram a acharam uma baita sacanagem com o Moncho, mas eu falei, ponham um busto pelos serviços prestados pelo espanhol e vamos dar graças ao Magnano.