quarta-feira, 31 de março de 2010

Seleção feminina sub-18 em Las Vegas

A CBB divulgou ontem que a seleção feminina sub-18 embarca nesta sexta-feira para treinar em Las Vegas (a idéia é excelente, demonstra visão de presente e futuro, e merece aplausos). Além disso, amistosos também estão previstos. Apesar de não ter conseguido junto à entidade informações a respeito do orçamento, ouvi o seguinte.

BALA NA CESTA: Quem treinará a seleção na Clínica em Las Vegas?
CBB: A equipe do Impact Basketball vai coordenar o treinamento (Nota do BNC: A Impact Basketball é uma renomada empresa que realiza treinamentos de força, habilidade e técnica para atletas de todo o mundo. Nomes como Kevin Garnett, Paul Pierce e Vince Carter já passaram por lá).

-- Qual a programação da viagem?
-- A seleção embarca nesta sexta-feira, com os treinamentos começando no sábado e terminando no dia 9 à noite. De 8h às 10h, as meninas estarão na quadra, trabalhando a parte técnica. De 10h às 11h30, participam de treinamento de força, movimentação e velocidade, além de técnicas e procedimentos de recuperação e melhoria atlética em geral. De 12h às 13h30, a equipe almoça e descansa (as refeições vão seguir o programa nutricional desenvolvido para cada atleta de acordo com as informações coletadas nas avaliações do primeiro dia). À tarde, elas voltam à quadra para treino em equipe e jogos.

-- Contra quem as meninas jogarão depois da Clínica?
-- A Impact Basketball reuniu jogadoras universitárias e do High-School para enfrentar o Brasil.

-- Como será o treinamento com os técnicos?
-- Os técnicos vão trabalhar em conjunto com os profissionais da Impact Basketball, observando e trocando informações sobre os métodos de treinamento.

-- Há alguma ação para que estes ensinamentos se estendam às demais comissões técnicas?
-- As comissões técnicas se reúnem periodicamente e todas as informações colhidas pela equipe da sub-18 feminina serão transmitidas aos técnicos que integram as demais comissões. Num futuro próximo, a CBB pretende levar as demais seleções a programas de treinamento como esse.

6 comentários:

Anônimo disse...

muito bom. parece que a CBB tá mostrando sua nova cara agora. depois de tantas críticas que fizemos, agora vamos apaludir a iniciativa. fica uma dica: poderia fazer isso com maior frequência e em períodos mais longos.

Jônathas disse...

aplausos.

Ramona, a Glam disse...

Interessante

Anônimo disse...

Uma grande iniciativa, sem dúvidas, mas vale uma observação: a Comissão Técnica precisa ser melhor orientada pela assessoria de imprensa da CBB para evitar que pérolas como essa sejam publicadas:

"— Na parte física e médica, o Brasil é bem evoluído e não fica atrás dos Estados Unidos — declarou o preparador físico Paulo Martignago." (site CBB)

Como o momento é muito favorável ao grupo, não vou me aprofundar nos recentes, diversos e graves casos que as equipes de base enfrentaram "na parte física e médica", em que o Brasil é tão evoluído.

Creio que não seja necessário.

Cesar disse...

Esse preparador é o mesmo que está a frente da Escola Nacional de Treinadores????
Vá ser cego assim lá longe !!!!
Num país em que ainda se usa atadura de crepon e esparadrapos de baixa qualidade pra se prevenir entorses isso soa como uma grande falta de conhecimento da realidade norte-americana....(ou da nossa)

Anônimo disse...

Eu acho que não estamos atrá mesmo, conhecimento nós temos.O que falta é $$ e profissionais habilitados para colocar em prática nos clubes.