quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Momentos, momentos

Tenho lido no UOL e Globoesporte.com que a viagem da seleção brasileira aos EUA tem sido um sucesso - para a Nike, patrocinadora do tour por Nova Iorque. De acordo com relatos, o time de Rubén Magnano compareceu ontem a uma festa da empresa e na sexta-feira joga, em uma quadra aberta (bater na madeira três vezes vale?) contra Porto Rico - a partida faz parte da estratégia de promover o basquete na localidade.

Será que vai dar certo? Será o momento certo para isso tudo? Caixinha aberta para comentários.

7 comentários:

Márcio-33 disse...

Algum link para o jogo contra china???


Esse jogo externo não deve ser em quadra de cimento né, deve ser uma quadra normal mas a céu aberto, diferente mas não vejo riscos.


Alguem posta um link ae!

Paulo M. F. disse...

tô procurando, mas até agora não achei nenhum link. Acho que o jogo não está sendo televisionado..

Anônimo disse...

Momento péssimo, a equipe não está entrosada (principalmente Splitter e Nenê), melhor seria treino forte, mas enfim...

peter schiling disse...

prefiro dar um crédito ao técnico campeão olímpico, acho que ele sabe o que está fazendo.

Anônimo disse...

Magnano criticou toda a viagem, q aliás não precisava ser nenhum gênio para saber disso, muitos já cantavam a bola já faz tempo... Compromissos com o patrocinador,,, paciência, é tentar mudar, melhorar para o futuro esse aspecto e tbem voltar a camisa Amarelinha né? pelo amor de deus, Brasil de Branco? faltou um mínimo de coerência e pesquisa da NIke...

Jogo cotra PR eu colocaria em quadra, lá no parque do Harlem, o seguinte quinteto:

Raulzinho
Nezinho
Neto (ass téc)
Bebe (que está em NY junto com a sub19)
Hátila

no banco a sub19.

Bora Brasil

Maguro

Anônimo disse...

e enquanto isso na Bahia, segue o pan de basquete universitario ,de casa cheia. comentarios? nenhum

Anônimo disse...

Muito bom!

Deveria ter acontecido algum
evento como esse promovido pela
Nike aqui no Brasil também , pois
a equipe viajou sem receber uma
"festa de boa sorte" em território
nacional. Não precisava ser um
coquetel, mas uma ação em que eles
tivessem contato com o público,
para saber que tem muita gente
torcendo por eles e fortalecer a
identificação da torcida com os
jogadores.


Isso só podemos esperar da Nike
mesmo, porque o Departamento de
Marketing da CBB (BRUNORO), parece
que nem existe.


Ricardo Augusto.