quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Mais um teste

De bons amistosos, Rubén Magnano não pode reclamar. Nunca uma seleção brasileira enfrentou tão boas equipes antes de uma competição importante como acontece agora. Depois de China, Argentina e Espanha, amanhã é a vez da França, em Lyon, às 11h45. Depois disso, ainda há amistosos, também em solo francês, contra Austrália, os donos da casa e a Costa do Marfim.

O melhor do amistoso de amanhã, no entanto, não é nem enfrentar a França de Boris Diaw, mas sim ter Nenê e Splitter em quadra (o site da CBB informa isso). Como todo mundo sabe, com a dupla o Brasil parece um time - além deles, parece que Varejão, recuperado, poderá atuar.

E você, o que espera do duelo em terras francesas? A caixinha está aberta!

13 comentários:

marcelo marques disse...

ganhar e convencer já q a frança tem um time bastante irregular
e sem tony parker(q é metade do time pra mim)

o apelido da frança na europa
shootfrance

ao estilo do brasil a um tempo atras

Fábio Barcelos disse...

Bala, num post mais antigo você questionou que com Alex na posição 3 o Brasil ficaria vulnerável no perímetro. Entretanto eu acho que com NenÊ e Spliter (combinados com Varejão) melhorariam muito nossa defesa e no caso do Alex possibilitando uma defesa mais próxima dos seus oponentes, que teriam que cortá-lo e se deparariam com ótimos defensores ( e grandes)na cobertura. Pois nesses jogos contra Espanha e Argentina (suponho eu, pois não vi os jogos) o garrafão brasileiro estava muito enfraquecido, principalmente na defesa e sem esse suporte dos pivôs, o sistema defensivo fica vulnerável.

Me fiz entender?

Concorda Xará?

Fábio Barcelos - ABASCA

fábio balassiano disse...

Concordo, xará. Mas a verdade é que só saberemos como está o time no mundial. Mas concordo contigo. Abs, fábio

Luiz disse...

acho que tb concordo. A nossa defesa no perimetro da até vontade de xingar. É o famoso cobertor curto. SE isso n;ao for corrigido urgentemente iremos levar na lata. Quanto ao NN e o SPT, é previsivel q coloquem a lingua pra fora cedinho.....mas o brasil tem uma tropa de "baixinhos invocados" que garante um rodizio sem perda de intensidade....

Anônimo disse...

Brasil, TEM que jogar bem, e dominar a França, q perdeu duas vezes do Canadá, uma de 20pts e outra de 10pts,... (canadá q ganhou d Sérvia por 4pts e tomou de 123 a 49 da grécia!!).

De qquer ângulo q se analise os resultados, a França não pode ser considerada esse time todo que aparenta no papel, e que alguns temem.

Marcelo disse...

Brasil não pode perder nenhum desses amistosos. Vi o jogo França X EUA e achei os franceses bem capengas. Se tiver reais intenções no campeonato, tem que passar por cima de todo mundo em território francês.

Luiz Fernando Paes disse...

só de poder ver o Brasil jogar com o time completo desde 2003 dá um ânimo a mais ..

nesses dois jogos contra ARG e ESP tivemos um claro problema no garrafão, pois o Varejão sozinho não dá conta, e quando ele esteve no banco então, ficamos com uma dupla fraca em quadra ..

com o trio Varejão, Splitter e Nenê, temos um garrafão forte durante os 40min, deixando uns 5 a 10 min pro Murilo, às vezes nem isso ..

nas alas, leandrinho, machado, alex, marquinhos e até o guilherme vão se revezando e mantendo o nível parecido, às vezes mais alto, às vezes mais ágil, melhor de três pontos, e por aí vai ..

tomara que tenhamos algum link pra transmitir a partida, ou ao menos um boxscore pra acompanhar ..

Rafael Souza disse...

eu acho que se o time fizer um bom trabalho no garrafao, passa por cima da franca, até pq nao sei se os franceses tem um bom garrafao, me parece um time mais de perímetro.

Assim como quase todas outras selecoes, o brasil com um bom jogo de garrafao pode passar por cima.

PauloRJ disse...

Bala, independente do resultado do jogo o importante é dar ritmo ao time com todo mundo, para que eles se acostumem uns com os outros em quadra....

O Brasil sem o Nenê e o Spliter é um time muito inferior...não tem como negar isso....para termos qualquer chances no mundial ambos precisam estar saudáveis e entrosados com o resto do time....prefiro perder mantendo os 2 10 minutos em quadra do que ganhar com eles jogando 25 minutos e correr o risco de um deles não se recuperar totalmente.....

flaminio disse...

bem pelo que vi e lembro na euro o time da frança tem um tal de Pietros e Binum que pra mim são os melhores do time, o resto jogadores normais, até o proprio diaw! e concordo com o amigo que comentou sobre o alex podendo ser mais agressivo com a cobertura de nene, spliter e varejao, os tres revezando. ate pq no mundial se dividirmos os tempos para posição 4 e 5 dá 80min ficando assim para cada um jogar média menor que 27 minutos cada, ou seja media tranquila para atletas profissionais no nivel deles.

Anônimo disse...

Gostaria de ver o Magnano testar o MM e o Alex como substitutos do Huertas. O primeiro tem boa visão de jogo e arremessa bem, já o segundo marca muito, é caracterizado por anular armadores, tirando aquele de angola, e acho que consegue levar a bola tranquilamente ao outro lado. Raulzinho é jovem e Nezinho não dá cponta do recado, além disso, LB não tem boa leitura de jogo. O que acha bala? Talvez tenha faltado um amistoso contra a Grécia, que tem um estilo de jogo peculiar, e outro com os EUA, pois se passaram pelo solo americano não custava agendar um amistosinho contra o ex dream team. Abraços, Gustavo.

Anônimo disse...

Bala, viu que vergonha o barraco do amistoso Sérvia x Grécia?

http://www.youtube.com/watch?v=BPmMvLQPWXI&feature=search

A coisa ficou feia.

fábio balassiano disse...

que doideira, hein, anônimo!

abs, fábio