segunda-feira, 6 de julho de 2009

Na contramão

Ao que parece, o Boston Celtics anunciou o seu primeiro reforço: Rasheel Wallace. Independente da cabecinha do rapaz (que não é boa, diga-se), fica a impressão que Danny Ainge pensou de maneira oposta à de Danny Ferry na semana passada, quando anunciou Shaq em Cleveland.

A questão é simples: com Dwight Howard nos garrafões do Leste, todo time precisará de uma arma para deter a fera do Orlando Magic. O Cleveland aposta em Shaq - se vai dar certo ou não é outra questão, mas o Diesel é pode, sim, segurar D12. Em Boston, ocorre o contrário: o cidadão abraçado a Rasheed na foto é Kendrick Perkins, gigante dos Celtics que deverá ser barrado para a sua entrada. Contra times mais leves e sem "cincões" de ofício, funcionará bem. Em uma eventual série contra o Orlando, não. Vale analisar a média dos dois no campeonato passado: 12 pontos e 7,4 de Wallace, contra 8,5 e 8,1 de Perkins.

E aí fica a pergunta: como Doc Rivers lidará com a situação? Colocará Sheed no banco nos momentos em que um jogo físico contra D12 se fizer necessário, ou arriscará uma formação com Kevin Garnett e Wallace, deixando Perkins, figura fundamental no título dos verdes há um ano, vendo tudo de fora?

9 comentários:

Henrique Lima disse...

O Detroit sempre deu problema ao Magic com D12 fazendo jogos mais ou menos ...


Sheed será peça imporante na rotaçao.

O jogo tem 48 minutos, é longo e somente Perkins nao faz milagre.


Pto pro Boston nessa.

daniel disse...

Sheed sempre parou o D12.

O post esta no minimo equivocado quando diz ao contrario.

No ramo da estatistica basta ver o Pistons vs Magic para poder ver como o Detroit foi eficiente em para tanto D12 como o resto da franquia.

Tanto que nos do Pistons sempre torcemos para pegar o Magic na primeira rodada dos Offs pq fica garantida a vaga na segunda rodada.

Wayand disse...

FB, o problema é cabeça de Sheed, mas ao meu ver ele está melhor e está no fim de carreira e trocou de time pra ser campeão. Lembro que o Celtics quer Grant Hill também. E lembro tb que qndo foram campeões, tinha Pj Brown e Posey, dois caras fundamentais nas finais e nos playoffs. Ano passado perderam os dois e deu no que deu. Adicionar jogadores experientes, é fundamental. Achei uma excelente contratação.

fábio balassiano disse...

daniel, seguem os números dos duelos do howard contra o detroit/rasheed na temporada passada:

- 18 pontos, 18 rebotes e 3 tocos em 29 de dezembro.
- 21 pontos e 13 rebotes no dia 27 de fevereiro
- 27 pontos, 14 rebotes e 4 tocos no dia 9 de março.
MÉDIA: 22 pontos e 15 rebotes.

não sei, sinceramente, quem está equivocado: se você, ou o post (eu).

considero os números acima bem positivos. mas se você prefere dizer que são ruins, tudo bem.
eu não vou brigar com isso.

e outra: não confunda a curva de um veterano com a curva de evolução de um menino de 20 e poucos anos. é só uma questão de percepção. a minha foi essa. a sua, não. eu respeito, sem problema algum.

mas não diga que uma análise interpretativa é/está equivocada. análises/interpretações são subjetivas (pessoais), e podem (devem até) variar de cabeça para cabeça.

equívoco é erro. são coisas distintas.

abs, fábio.

fábio balassiano disse...

wayanda. se ele vier para ser reserva, ok.
caso contrário, não sei se dá certo...

abs, fábio

daniel disse...

Amigo Fábio claro que comparar o gurizão do D12 contra o tiozão do Sheed os numeros do D12 serão melhores.
O que digo é que Sheed sempre soube jogar muito contra o D12 e o Pistons sempre teve vantagem e até facilidade em jogar contra Orlando.
29/12 - Pistons 88 - 82 Magic
27/02 - Pistons 93 - 85 Magic
Concordo com vc sobre o equivoco realmente usei mal as palavras.
Mas o D12 nunca foi preocupação para o garrafão do Pistons e olha que la tinha o Kwaine Brown ..rs

Wayand disse...

FB, mas acho que a tendência é Sheed ser banco mesmo. Ainda mais, que na minha concepção, Perkins não merece ir pro banco.
Abraço.

PauloRJ disse...

Bala / Wayand, concordo que o Sheed deveria ser reserva no Celtics, afinal para mim a posição natural dele é a 4, e não 5...e ele vai jogar de 5 quando estiver em quadra junto com KG, e na 4 quando estiver com o Perkins...

Acho que foi uma ótima contratação pelo Boston...

O problema que vejo atualmente é a vontade que o Boston tem tido em negociar o Rondo...dizem as más linguas que o Doc Rivers não está aguentando ele...que ele está muito metido....quem mandou levarem o Marbury para lá...

igorpuga disse...

O problema do Rondo é disciplinar, anterior a vinda do Marbury que inclusive já se foi (não renovou, achou ofensiva a proposta de 1.5 mi do Boston)
Abs