terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

A beleza do basquete italiano

O basquete feminino italiano não tem lá essa tradição toda, mas de vez em quando nos reserva excelentes surpresas. O clube Viareggio decidiu fazer um ensaio com suas jogadoras para promover a modalidade na região. Quer ver o resultado? Clique aqui então.

Acho que deu muito certo, hein. Não sou italiano, mas eu digo que o clube já conta com toda a minha simpatia. E outras cositas mais também...

8 comentários:

Herlanildo disse...

o basquete italiano está em alta, a evolução é boa...são muito talentosas Fábio...rsrsr

adriano disse...

não me leve a mal, jamais vou reclamar de ver mulheres bonitas seminuas, hehehe...

mas não é meio batido essa história de fazer "galerias sensuais" para promover o esporte feminino? lembro de vários exemplos, e especificamente da galeria do time brasileiro de softbol antes do Pan 2007. Não adiantou de muita coisa... fora isso, é triste q essa seja a única forma de alguns esportes conseguirem a atenção da grande mídia - não é uma crítica ao esporte, e sim à imprensa e até a nós mesmos

fábio balassiano disse...

adriano, foi só uma maneira bem humorada de divulgar o assunto.
e se vc lembra do tema, é pq repercutiu, né?

acho, sim, a iniciativa válida, principalmente quando não apela para a vulgaridade.
entendo sua crítica, mas não vejo por aí

abs, fábio balassiano

Wayand disse...

Que diferença pra Érica, Claudinha, Iziane, etc...sem, é obvio, desmerecê-las....

lisangelo disse...

Sou torcedor do Viareggio desde criancinha...

Bert disse...

Parece que a FIBA vai rever o ranking mundial depois desse calendário...

Hahahaha.

Abs.

Osama_Lakers disse...

a idéia de fazer calendários não é nova - o que acontece é que inova a forma de ver quem dele participa. É como nesse caso, em que as jogadoras mostram sua feminilidade (aliás, mostram só isso, pq não é um ensaio "hard"). Acho muito legal a iniciativa, pq é de bom gosto e com bom humor, lidando é com a cabeça das pessoas. Se isso é negativo, também são negativos aqueles das ligas de combate ao câncer, não é? Viva o Viareggio e suas jogadoras!

Marcelo Alves disse...

O basquete italiano já é o número 1 para mim.