terça-feira, 15 de março de 2011

Inexplicável

Entendo perfeitamente a contratação de Silvinha Luz por Americana. A veterana de 36 anos teve ótimas médias por Catanduva (12,7 pontos e 2,9 assistências) e ainda mostrou uma qualidade até então desconhecida: atuou de armadora, e foi muito bem na função. Poderá contribuir para o crescimento de Babi e Debora e dar um desafogo nos arremessos para Karla e Karen - isso sem falar na ausência de Tássia, que estará com a Sub-19 até o fim de julho.

Agora, o que eu não entendo mesmo é a contratação, por parte de Americana, da ala Fernanda Beling (foto), reserva de Ourinhos no último Nacional e dona das inexpressivas médias de 7,3 pontos e 20,2 minutos por jogo. E não é que "apenas" os números jogam contra a jogadora, mas principalmente a sua parte técnica, que regrediu muito desde as Olimpíadas de Pequim (e já se vão quase três anos aí...). Para ser bem sincero: Fernanda ficou mais lenta, sua defesa (individual e de ajuda) caíram horrores e seus arremessos não caem mais.

Repito o que sempre digo: Americana tem um dos melhores e mais admiráveis trabalhos de base do país - e como agravante perdeu patrocínio da Unimed Estadual recentemente, o que em teoria diminuiu o poderio financeiro da equipe. No meu entendimento poderia, ao invés de trazer uma veterana sem grande impacto nos resultados de 2011 (Fernanda Beling), investir e dar tempo de quadra para a jovem Leila Zabani, que pouco atuou desde que Zanon por lá chegou. Na minha cabeça não há explicação alguma, a não ser uma grande falta de visão dos gestores do basquete da cidade em dar chance às meninas que eles próprios ajudaram a formar. Contraditório, não?

15 comentários:

Antonio Sobé disse...

Tenho elogiado mt o seu trabalho à frente de todas informações, críticas, elogios e contribuição ao desenvolvimento do basquete. É um trabalho elogiável. Hoje, mais uma vez, me permito discordar do amigo, da mesma forma que o fiz qdo foram feitos comentários desabonadores ao desempenho da Kaé. Na mesma competição ela deu mostras de que não havia perdido seu "jogo". Da mesma forma, agora, a Fernanda, após série de lesões sofridas , ainda não recuperou seu melhor desempenho. Acredito que todos podem passar por momentos críticos,fases ruins mas, nestas horas é que devemos acreditar e dar confiança e oportunidade de recuperação. Ainda mais se tratando da Fernanda atleta exemplar por sua dedicação e comprometimento com sua "performance". Desculpe-me por discordar e não ver motivos plausíveis por sua crítica aos dirigentes de Americana que acreditam na superação da Fernanda. Grande abraço.

Anônimo disse...

Fabio.Voce está se esquecendo de um
pequeno detalhe:Ela é a queridinha
da Hortencia.Foi para o Mundial sem
condição alguma,tomando lugar de
jogadoras que poderiam ajudar muito
mais se fossem melhor aproveitadas.
Ela faz parte da famosa panela que
a dona Janete ja montou na seleção.
É triste mas as pessoas que são as
responssaveis pelo nosso basquete
feminino não têm a menor sequencia
lógica para fazer um trabalho tão
sério e tão facil.É preciso apenas
de critérios mais honestos.

Anônimo disse...

horrenda!

foi bom mesmo ter deixado ourinhos...

Anônimo disse...

concordo plenamente com o Antonio!

Anônimo disse...

Essa Fernanda é uma piada.....kkkk.
Tem gente que dá muita sorte mesmo!!!!
Leila dá de dez nela, melhor juvenil na ultima eleição juntamente com a Mônica do Bradesco. Vamos dar chance para as novatas.

Anônimo disse...

Ainda bem que você é jornalista e não técnico.

Anônimo disse...

É nunca será!!!!

Anônimo disse...

Gente a Fernanda está vindo de uma contusão, ficou parada praticamente seis meses, precis ater um pouco mais de critério para criticar um atelta dessa maneira!

Marco Antonio disse...

A Silvinha Luz iniciou a carreira como armadora, lembro que 1996 em Atlanta,ela entrava nas partidas no lugar da Hortência, quando Paula caia para ala e Silvinha assumia a armação, lembro de contra-ataques memoráveis, com passes pelas costas e tudo.

A Silvinha Luz é uma armadora fantástica!!!

Anônimo disse...

http://www.ourinhosbasquete.com.br/noticia.asp?cod=38

Anônimo disse...

Antonio voce fala de tempo para recuperação de jogadora...quando eh que vai acontecer com fernnda essa recuperação???em 20 anos??quando os dentes começarem a cair???quando ela nem conseguir bater bola mais igual sapo???por favor...fernanda sempre foi uma pessima jogadora agora so ta pior..e isso nao vai mudar nem com dez anos de recuperaçao apos essa cotusao..e isso é fato

Anônimo disse...

A Fernanda eh como a vivian era na selaçao e nos clubes, meesmo quando quer ajudr atrapalha o time...ainda bem que a vivian nao joga mais so que ainda temos a fernanda pra nos entristecer vendo o jogo dela..aff

Anônimo disse...

Deve ser amiga do diretor do time. Ou ele é mto puxa saco dela, não é possível.

Anônimo disse...

Deve ser amiga do diretor do time. Ou ele é mto puxa saco dela, não é possível.

Luis disse...

Realmente não dá p entender mesmo, Bala! Zanon e Molina são muito ruins! Um (Zanon) conseguiu perder daquele time horrível de Ourinhos, o outro (Molina)gestor de basquete, nem aqui nem em nenhum lugar! Fala tanto do projeto mas ai quando as meninas sao formadas ficam revezando e esquentando banco, realmente inexplicável!