domingo, 28 de junho de 2009

O NBB em números

Número de jogos: 237 (210 de classificação, 15 nas quartas-de-final, sete nas semifinais e cinco nas finais)
Público total: 593.847 pessoas
Público dos cinco jogos da final: 63.847
Médias de público: 2 mil na fase de classificação, 3 mil nas quartas-de-final, 3.500 nas semifinais e 12.769 na final
Recorde de público: 16 mil (Brasília x Flamengo, dia 1º/5, em Brasília)

3 comentários:

Anônimo disse...

Para uma primeira liga, é inegável que os números são bons. Ano que vem, as equipes precisam trazer reforços, alguma coisa que estimule os torcedores, não se acomodarem... A verdade é que depois de um tempo alguns carinhas já vão enjoando, por exemplo, Marcelinho como destaque em todo santo campeonato nacional, finais com os mesmos jogadores, que só mudam de equipe... A hora que vi o Alírio pelo Flamengo, quase tive um infarto.

Luiz Eduardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Eduardo disse...

Quando morei em Araraquara, fui assistir um jogo do time local (Uniara, na época) contra o extinto Coc de Ribeirão Preto, o qual tinha em seu elenco os jogadores Mineiro ( esse que atua no Brasilia) e o Paulão Prestes.
Hoje comparar os dois é piada, mas pergunto:
Se os destinos fossem invertidos - Mineiro na Espanha e Paulão aqui - a condição técnica também se inverteria?
Quem conhecer a capacidade técnica dos dois, por favor me esclareça.
Acho um absurdo, um jogador como o Mineiro (2,13m e jovem ainda) não ter nenhum fundamento e ter uma condição física - motora tão precária! Um desperdício!
Abraços