sábado, 20 de junho de 2009

Alto-falante

“Estávamos preparados para quase tudo que o Brasil tentou contra nós. Tínhamos noção que eles tentariam aquela pressão por meia-quadra, e soubemos sair dela por conta dos nossos treinamentos específicos. Além disso, eles nunca haviam nos marcado individualmente, e eu pensei que eles fossem fazê-lo nesta competição. Eles fizeram, e nós conseguimos colocar os meninos nas melhores condições. Por isso chutamos tão bem (22 assistências e 12 chutes de longe convertidos) e pegamos tantos rebotes (51 a 25). Creio que nossa preparação tenha sido muito boa para este jogo”

A declaração é de Don Showalter, técnico da seleção norte-americana sub-16 que surrou o Brasil na abertura da competição (110-82). Dá para perceber que a preparação do cara foi a mais adequada possível. Aí ficam as perguntas: como foi a da nossa comissão técnica? Quanto tempo mais demoraremos a perceber que a preparação dos nossos técnicos influencia diretamente na execução daquilo que os jogadores apresentam em quadra?

A caixinha é de vocês!

28 comentários:

Anônimo disse...

Está claro, a solução é: TREINAMENTO, TREINAMENTO e TREINAMENTO......com profissionais/comissão técnica capacitada.

No entanto, o que vemos é APADRINHAMENTO, PROTEÇÃO e PANELA.........Acho que já BASTA de derrotas e incompetência. Pergunto: qual o histórico (vencedor??) do técnico Raul Togni?? Como pode seu filho (Raulzinho) ter sido convocado para a seleção adulta, sem jamais ter se destacado em nenhum campeaonato adulto?

Seleção Brasileira adulta não é presente de pai para filho para adolescentes.....é coisa séria, envolve um país (pelo menos os amantes do Basquete, como nós)......CHEGA, CHEGA, CHEGA!!!!!!

Carlos Nunes, Brunoro, enfim CBB, FAÇAM ALGUMA COISA. Se não sabem por onde começar (!?!?!) ajudo com aguns nomes para uma comossão técnica:

ADULTA:
Helio Rubens, Flavio Davis e João Marcelo

BASE:
Lula, Chui e Gustavo

Anônimo disse...

O resultado da 3ª partida foi absolutamente normal, afinal a Venezuela é uma potência do basquete mundial.

E as derrotas nas categorias de base tb nada representam, pois o projeto da CBB visa a classificação
para as Olimpíadas de 2134.

Anônimo disse...

Essa frase do Técnico da Seleção Norte-Americana....nós dá a real dimensão do gigantesco abismo que nós separam dos países onde o Basquete é levado a sério.
A CBB tornou-se um enorme balcão de negócios obscuros e indecentes,onde os Agentes de Atletas,Dirigentes da CBB e Treinadores possuem vários NÉGOCIOS EM CUOMUM..
Enquantos eles tramam nos bastidores imundos o nosso decadente Basquete é um saco de pancadas.

VERGONHA!

Anônimo disse...

Vejam com que seriedade a Seleção Americana encarou essa competição..porque será???
Claro que eles tem a a visão futuristas: que serão esses jogadores de base hoje que num futuro próximo estarão defendendos sua bandeira em competições de grande porte num futuro próximo.
Sinceramente é pintar um quadro surreal nara a nossa realidade..afinal com as qualidades de nossos dirigentes e nossos treinadores....seria sonhar alto de mais nao?

Anônimo disse...

Será que o técnico Raul entendeu o que foi dito pelo americano??

Isto chama-se PREPARAÇÃO......que deve estar junto de COMPETÊNCIA.
Infelizmente faltam as 2 coisas para o Brasil.

Anônimo disse...

O que o Internacional treinador Raul Togni Filho...sabe mais sabe mesmo e fazer lobby para o cracaço do filho dele Raul Togni Neto ser convocado para uma Seleção Brasileira Adulta.Como pode???e ter muita força política.
A Família Togni está diretamente lincada com os 2 momentos geniais da administração
Carlos Nunes até o presente momento: a presença do Genial Raulzinho na Principal e excepicional participação nesse Campeonato Sub 16

Anônimo disse...

Sereá o Raul Togni o chefe ( e Raulzinho o mascote)da turma do Neto, Gustavo e cia??

Dimitry disse...

Na verdade acho que vocês estam vendo as coisas só pelo um lado e esquecendo o principal (na minha opinião), porque quando falamos de preparação lembramos só do nome do técnico? Não lembramos que (pelo que sei) esses meninos tiveram 30 dias de preparação divididos em duas fases de 15 dias cada, muito pouco para um campeonato dessa importância não é? Outra coisa será que o Raul (deixando bem claro que nem o conheço) teve o mesmo tempo de trabalho desse técnico americano? Será que ele teve a mesma estrutura? Tenho certeza absoluta que não! Por isso acho que o problema é bem maior do a qualidade dos nossos técnicos, outra; como nossos técnicos vão evoluir do jeito que está?É impossível!!!

Anônimo disse...

O problema é na formação dos atletas, la na base, na escolinha.
Se não começarmos a consertar lá, pode vir o Phil jackson treinar a seleção que não acontecerá nada.

Anônimo disse...

Dimitry
A situação fica simples,se não possui estrutura para se dirigir uma Sel Bras, NAO ASSUMA então.
Fora Neto,Gustavo e cia.!!!!!
Trabalho já.

Anônimo disse...

ATENÇÃO!!!!
BOMBA!!!!!

Antecipo com exclusividade que a turma do Neto não irão levar a Sel Bras ADULTA para o Mundial.
Em primeiríssima mão,a Sel Bras por falta de planejamento,organização,politicagem, e principalmente por falta de TRABALHO não irão classificar o Brasil na Copa America.

Henrique disse...

São 4 vagas pro Mundial ..

sem os EUA.


Se nao for pro Mundial, explode e começa do zero.

Henrique Lima disse...

NO MOMENTO


PERDEMOS PRO MEXICO !



63 X 56, faltam 6:42.


Ainda pra virar ... estamos atras o jogo todo.


ATÉ QUANDO ?

Anônimo disse...

Estão preocupados?
Acham que viram tudo?

Esperem para ver a estréia da seleção na Copa América adulta contra os dominicanos.

Freddy Krueger vai ficar de cabelo em pé!

Anônimo disse...

Que pessimismo pessoal.

Teremos a chance de levar a super-revelação, filho prodígio, destaque de todos os campeonatos adultos que participou (nenhum!) chamado Raul Togni Neto.

E nã se esqueçam que estrá sendo comandado pela comissão técnica mais competente e vencedora das Américas!!

Anônimo disse...

GANHAMOS do Mexico (...na prorrogação......UFA!!!).

Vamos disputar o quinto lugar contra nossos liquidadores Porto Rico.......

Anônimo disse...

Não existe possibilidade de comparação entre a realidade que vive o Don Showalter e a realidade de nosso basquete, que vive o Raul Togni. Não se trata aqui da capacidade do Raul (e muito menos do filho dele), que muitos querem crucificar aqui. Se o técnico americano fosse o técnico do Brasil, com toda a capacidade que ele possa ter, a situação não seria qualitativamente diferente. O buraco é bem mais embaixo. Ganhar 2 ou 3 jogos nessa competição, ou mesmo ganhar dos EUA não mudaria essa realidade. Isso é apenas mais uma amostra do buraco em que nos metemos. Enquanto continuarmos com a estruturação e com a mentalidade que temos atualmente, vamos continuar perdendo, e cada vez mais. E enquanto isso não mudar, com Raul ou com Phil Jackson, nossa realidade continuará a mesma. Continuará havendo um abismo descomunal entre a declaração do sr. Don Showalter e aquilo que poderia nos dizer o Raul Togni, ou qualquer técnico que estiver no lugar dele. Acho até que terminar uma competição dessas em sexto lugar (como parece ser o caminho), tem um certo viés positivo: isso pode ser contundente o suficiente para mostrar que está TUDO errado, e escancarar a dureza desse momento. Não haverá nem peneira pra tampar o sol.

Anônimo disse...

Tudo se inicia pela BASE.
E para ser (bem) feito deve ser feito com copetência comprovada.

Boa vontade nã leva a nada, o que leva a vitórias e sustentação é histórico vencedor e atualização constante.

Por isso pergunto:

QUAL O HISTÓRICO (VENCEDOR) DOS SRS NETO, GUSTAVO E RAUL TOGNI?????


Estão aprendendo a ser técnico de elite na Seleção Brasileira.....sm NENHUM histórico de vitórias em seus currículos. O QUE É ISTO CBB???

Mudanças JÁ!!!!
COMPETÊNCIA COMPROVADA JÁ!!!!!
CHEGA DE APRENDIZ DE TÉCNICOS!!!

Anônimo disse...

Brasil é um país de baixinhos. Basquete não é pra gente. Temos que nos sentir felizes em chegar à Copa América. Mundial e Olimpíadas são para os países com população de alta estatura.
O que o basquete brasileiro conquistou até hoje saiu das mãos de poucos talentos individuais. Basquete não é a nossa praia! Vocês estão querendo muito!!!!

Anônimo disse...

CARO 1 ANONIMO...axo q vc se equivocou se vc ver varias atuaçoes e jogar contra raulzinho vc vai ver q ele n tah aparecendo em todos os lugares por causa do pai axo q vc nao deve acompanhar basket pra saber q ele foi pro jordan classic, foi MVP do mundial escolar na turquia e foi Top Scorer no mundial.....axo q ele merce muito essa vaga soh q ele nao tah tendo chance em seu time por causa do facundo q eh um garnde jogador(porem argentino). Para mim o problema do brasil eh a falta de tecnicos qualificados para a posiçao...

Anônimo disse...

então coloca o garoto na seleção sub17 DE NOVO , já que da primeira vez ele foi MEDIOCRE e não fez nada.

Brasil ficou em terceiro.....se o garoto não arrebenta nem na sub 17 COMO PODE ESTAR NA ADULTA???????

é óbvio, NÃO????

Anônimo disse...

Bruno

Precisamos ser menos raivosos e parciais em nossos comentários para torna-los mais realistas e menos passionais.
É muito comodo e fácil para o técnico americano vir com esta conversa e este marketing, e ficarmos ainda achando o máximo.Isto é o mínimo que o técnico de mediana inteligencia tem de planejar em seus treinamentos ou seja as diversas opções tática para enfrentar os diferentes sistemas táticos.Nada de mais, e acredito que o Raul, e os demais técnicos fazem o mesmo,se não o fazem ai então não são técnicos são torcedores previlegiados,assistem do banco e recebem ainda para isto.O DIFERENCIAL E O QUE PESA,É O ABISMO QUE SEPARA A ESMAGADORA MAIORIA DOS PAÍSES DO BASQUETE AMERICANO.Dai prá frente é baboseiras e recalques de quem esta fora e quer estar dentro.Não estou dizendo que Neto e cia inclusive o espanhol sejam competentes.

Anônimo disse...

O impressionante é que há algum tempo estamos fora das Finais de categoria de base na América....
Viramos time para disputar do terceiro ao quinto lugar......e NADA muda.

Aos amantes do basquete: VAMOS FAZER ALGO!!!!....nem que seja entupir a caixa de e-mail da empresa do Brunoro!

Basqueteiro disse...

SELEÇÃO PAULISTA....enquanto estivermos levando a Seleção Paulista no lugar da Brasileira essa será nossa realidade. Chega dessa panela!!!! Um grande exemplo é o menino Victor que ano passado jogava no Ceará e não ficou nem entre os 20 convocados.Adivinhem só...esse ano ele foi para um grande clube paulista(o mesmo q o Gustavinho e o Neto já foram companheiros) E VIROU TITULAR DA SELEÇÃO...quanta coincidência...será que houve uma melhora tão grande assim??? ou foi a mudança de clube????

Basqueteiro disse...

Acorda CBB....existe basquete fora de São Paulo...já cobrei de vc , senhor blogueiro e estou esperando até agora....quantos jogadores nascidos em São Paulo jogaram o jogo das Estrelas da NBB????

To aguardando essa resposta há 2 meses.

Anônimo disse...

Então tá....
Vamos fazer um desafio na base: Monte uma seleção com atletas de todos os estados, fora de SP, para enfrentar a seleção paulista.

(outros estados pode sair com 10 ots de vantagem.....e se não correr muito ainda perde de goleada.).

Feleiz ou infeliamente, os bons jogadores na base vêm para SP.......queira meu amigo anônimo ou não.

Anônimo disse...

VOCE EH RETARDADO??? ELE N ARREBENTOU NO SUB 17???
VARIOS JOGOS EM Q JOGOU SOH FOI ELE EH MAIS O CARINHA Q SALVOU NESSE ULTIMO JOGO CONTRA PORTO RICO!!!
ELE NAO FEZ NDA?????
VC N DEVE ACOMPANHR BASKET SUB 17 COMO EU....E EU CONCORDO COM O CARA ASSIMA TENHO 3 AMIGOS Q FORAM PRO BASKET PAULISTA POR CAUSA DISSO ... JOGADORES BOMS VAO PRA CLUBE OU FORA DO PAIS COMO O RAULZINHO AGORA(ESPANHA).....SE VOCÊ TIVESSE JOGANDO EM UM CLUBE MEDIO FORA DE SAO PAULO E UM FRANCA OU LIMEIRA PEDE PRA VOCÊ IR PRA LAH VC NAO VAI????
PENSA E ANALISA OS FATOS PRIMEIRO DPS COMENTA!!!!

Thomaz disse...

voces falam com toda essa certeza, de que treinador naoi presta e etc. e que seu filho so esta onde esta por panelagem.
entao pensem novamente... e nao falem coisas que nao sabem.
Raul togni neto pode ser o futuro do basquete brasileiro. e o estao colocando na sel bras adulta para o melhor treinamento do garoto, que foi para o jordan team(que envolve os doze melhores atletas em idade escolar do mundo). e voces retardados que PENSAM que sabem algo de basquetebol ficam comentando essas porcarias, acham que este garoto com todo o potencial que tem nao deveria ser trabalhado?
e mais,
acham que algum tecnico de categoria de base teria o poder coloca-lo na sel bras adulta? e no jordan team?
tratem com mais respeito os profissionais desta area que dedicaram sua vida ao basquete(como raul togni filho) e aqueles que trazem esperanças ao basquete brasileiro como raul togni neto.
obs: raulzinho nao joga na espanha e sim no minas tenis clube em belo horizonte, MG