sábado, 7 de maio de 2011

A reação via Shaq

O Boston Celtics não tem outra coisa a fazer nesta noite, em casa, que não vencer o Miami Heat. Com 0-2, a expectativa de Doc Rivers é que a volta de Shaquille O'Neal deixe a marcação de garrafão dos verdes menos vulnerável e que a vitória enfim venha.

O Miami Heat teve enormes dificuldades contra o Philadelphia porque Doug Collins simplesmente fechou o garrafão com Elton Brand (muito bom nas rotações e nas coberturas) e "mandou" a turma da Flórida arremesssar. Foi uma ótima estratégia, mas bater os Heat com o elenco dos Sixers não é fácil. Doc Rivers não tem conseguido isso porque tanto Kevin Garnett quanto Glen Davis (não vou nem incluir Nenad Krstic aqui) não têm conseguido "seguir" os armadores do Miami no garrafão (os picks de Chris Bosh estão excepcionais!). Sem ameaça de defesa ou toco, LeBron James e Dwyane Wade infiltram e marcam pontos fáceis - ou, quando não o fazem, passam para que os arremessadores da equipe, que estão muito bem na série (James Jones principalmente), chutem de fora.

Pode parecer cruel com um cara de 39 anos e que não joga há mais de três meses (sua última aparição foi no dia 1º de fevereiro), mas o Boston Celtics só tem chance de virar essa série se Shaquille O'Neal trancar o garrafão (que seja por 20 minutos). A questão que fica, no entanto, é: será que Shaq ainda aguenta?

Um comentário:

Vinícius disse...

Não sei se ele vai aguentar, mas que o Jermaine deu dois tocos hoje no Wade, deu, isso quer dizer que não vai ser mais tão fácil!

série de 7 jogos com vencedor indefinido