segunda-feira, 9 de maio de 2011

A despedida

Se tinha alguém que não merecia levar a varrida era Phil Jackson. Em sua última temporada na NBA, o técnico mais vitorioso da história da liga sai de cena com um gosto amargo, mas que em nada diminui o tamanho de sua vitoriosa carreira (foram 13 finais em 20 anos). Tudo bem que para aumentar a dor o treinador viu os Lakers atuarem fora do Sistema de Triângulos, eternizado por ele e Tex Winter, em quase nenhum momento contra o Dallas Mavericks.

Farão falta os livros depois das temporadas (foram sete de sua autoria), as entrevistas após as partidas (eram dele sempre as melhores tiradas), a calma na beira da quadra e as tiradas antológicas. Cito duas: 1- antes de um jogo importante do Chicago Bulls, ele decidiu borrifar o vestiário com incenso para amenizar o ambiente carregado; 2- No primeiro duelo da decisão de 1991, os então jovens Bulls começaram perdendo de 14-2 dos Lakers, em Los Angeles. Phil pediu tempo, mas não deu instrução. Solicitou que os atletas dessem as mãos e respirassem um pouco. Após isso, Michael Jordan e seus companheiros fizeram 18 pontos seguidos e venceram a peleja e o campeonato.

Acho meio absurdo, mas alguns ainda dizem que Phil Jackson só "chegou lá" porque teve alguns dos melhores da história ao seu lado (Shaq, Jordan, Pippen e Bryant), sem lembrar que os quatro craques aí jamais haviam conquistado nada sem ele. Aos 65 anos, o maior ganhador da NBA (11 anéis) achou por bem encerrar a sua carreira. O basquete perde, e perde muito.

10 comentários:

Daniel Damasceno disse...

Phil Jackson genial! Essa de pedir tempo e dar as mãos mostra o tamanho do líder que PJ foi como treinador!

Abraço, Bala!

Fábio Carvalho disse...

Da mesma maneira que é bizarro olhar para o banco do Utah e não ver o J. Sloan, igualmente estranho será uma temporada sem PJ.

Fábio Carvalho disse...

Da mesma maneira que é bizarro olhar para o banco do Utah e não ver o J. Sloan, igualmente estranho será uma temporada sem PJ.

Clério Jr. disse...

Jerry Sloan nos Lakers seria uma boa. O q vc acha Bala???

Clério Jr. disse...

Jerry Sloan nos Lakers seria uma boa. O q vc acha Bala???

Clério Jr. disse...

Jerry Sloan nos Lakers seria uma boa. O q vc acha Bala???

Daniel disse...

apear de eu odiar o Lakers(odeio o Kobe e suas Lakerzetes)eu aprecio o trabalho do que podemos dizer um dos maiores treinadores de basquete da historia e lembrando ele teve 13 titulos porque 2 foi com jogador do Knicks

Marcelo Camelo disse...

Sem levar em conta a genialidade dele em lidar com estrelas. Poucos sabem como lidar com estrelas. PJax soube e venceu muito! E tudo merecido! (Alfinetando o Bola 7). Parabéns PJax... eu quase chorei...

Marcelo Camelo disse...

Bala... tem certeza que o seu exemplo foi em 1991? Em Los Angeles?
Estou procurando um vídeo sobre, mas não acho. Valeu!

Duda 11 disse...

Grande Phil, vai fazer falta para a NBA! E quem fala que ele só ganhou pq comandou craques, fala ou por inveja ou por desconhecimento mesmo!