domingo, 30 de maio de 2010

Lakers na final

Antes do jogo 6, Ron Artest disse que Steve Nash e o Phoenix Suns pagariam pelas palavras proferidas após o quinto duelo de quinta-feira. Dito e feito. Na noite deste sábado, o próprio Artest comandou, na defesa e no ataque, a vitória angelina no Arizona por 111-103, despachando os Suns por 4-2 e classificando o Los Angeles Lakers para a aguardada decisão contra o Boston Celtics. Sim, o cestinha do duelo foi mesmo Kobe Bryant, com a sua habitual genialidade para decidir (37 pontos e seis rebotes). Para se ter uma idéia, o camisa 24 anotou nove pontos nos últimos dois minutos, inclusive uma cesta incrível em cima de Grant Hill a 34 segundos.

Pelo Phoenix, Nash (21 pontos e nove passes) e Amare Stoudemire (27) foram bem, mas o time voltou a pecar na defesa. Foram 14 rebotes ofensivos cedidos, péssima marcação no perímetro (dez bolas de três convertidas pelos angelinos) e 26 pontos de dentro do garrafão mesmo sem boas atuações de Pau Gasol (nove pontos) e Lamar Odom (seis).

É isso. O atual campeão do Oeste está de volta à decisão da NBA, e enfrenta o seu algoz de dois anos atrás. Naquela ocasião, deu Boston - aliás, está será a 12ª final entre as duas franquias. E agora? Quem vence eu não sei, mas que David Stern, o mandatário da liga, está feliz, isso deve estar. As audiências vão "bombar" de novo.

9 comentários:

Bruno disse...

Grande jogo do Lakers, o time se comportou muito bem em um ambiente hostil, especialmente Kobe,Artest,Fisher e Farmar.

Boa defesa, ataque inteligente, e uma série espetacular de Kobe Bryant venceram esse confronto para o Lakers.

O Suns foi mais longe do que qualquer pessoa poderia prever, a temporada deles foi um sucesso.

Quanto ao Lakers, a vitória na conferencia oeste, apesar dos problemas de contusão na temporada, era prevista.

O problema é ganhar do representante do Leste, especialmente Boston.

Nesse ano o Lakers tem mais chances do que em 2008 mas o sumiço de Gasol nos últimos jogos da final da conf. Oeste é extremamente preocupante, assim como foi um bom sinal a subida de produção de Artest e Bynum no último jogo.

Acho que no garrafão teremos um duelo equilibrado, apesar dos jogadores do Boston serem mais fisicos.

Como o Lakers marcará Rondo, e se Artest vai conseguir conter Pierce serão duas chaves para o Lakers.

Para o Boston é o mesmo de antes:tirar Gasol do jogo e conter Bryant, e manter as idas dos jogadores do Lakers à linha de LL ao mínimo possível.

Pra mim quem ganhar o jogo 1 será o campeão, em 5 ou 6 jogos.

fábio balassiano disse...

gostei da análise, bruno.
acho que é mto por aí também.
lakers com mando de quadra agora, com kobe inspiradíssimo, mas com o boston de novo pela proa.

vamos ver no que dá, né

abs, fábio

Anônimo disse...

edu
kobe bryant é o maior gênio do esporte atual!
o que a galera acha?!

valeu

Bruno disse...

sem dúvida Fábio, tem tudo para ser uma grande série.

Acho o jogo 1 fundamental, especialmente para o Lakers, por que se perder, além de perder o mando de quadra, pode perder a confiança já que enfrenta o último adversário que o derrotou nos playoffs.

Por outro lado, o celtics sente quando o oponente está com medo e cresce muito!

O jogo 1 é chave, principalmente para o Lakers.

Wayand disse...

Black Mamba!!
11 dos 16 jogos dos poffs ele fez 30 ou mais. absurdo.
contra o suns, fez 33.6 ppg, 7 rpg e 8 apg.
nada mal, né??

Anônimo disse...

Quais foram as palavras proferidas?

Anônimo disse...

Sobre essa questão de perder o primeiro jogo em Los Angeles: eu acho que o Lakers não pode pensar em perder nem um dos dois. Imagem só, ter que disputar três partidas em Boston, com um 1 a 1 nas costas? Corre o risco de nem de voltar de lá.

Heverton Elias

fábio balassiano disse...

anônimo, o nash disse que a derrota no jogo 5 não seria ruim, porque eles voltariam pra phoenix, venceriam o jogo 6 e depois bateriam os lakers no sétimo.
nao vi nada de errado, mas o artest se irritou.
deu certo pros angelinos.

Abs, Fábio

Duda 11 disse...

É, essas palavras do Nash fazem parte do espetáculo. Ele só quis motivar sua equipe, nada de desrespeito nisso.
Agora, acho que o Suns fez um playoff incrível! De time desacreditado eles passaram pelo time "encardido" do Portland, pelo Spurs, que era uma sombra pra eles, e deu muito trabalho para o Lakers na final! Só lamentei o fato de o Leandrinho estar em seu pior momento desde que chegou na NBA! Fico preocupado com a maneira que ele chegará na seleção...
Abs a todos!