quinta-feira, 20 de maio de 2010

Um sonho de liberdade

Amare Stoudemire chamou de "sortuda" a atuação de Lamar Odom no jogo 1. Disse, também, que deveria se preocupar menos com Pau Gasol e Andrew Bynum que o camisa 7 não brilhasse tanto. Bem, o ala-pivô do Phoenix deve rever seus conceitos após nova derrota na final do Oeste (124-112 para os Lakers, que agora têm 2-0 na série).

Pau Gasol (foto à direita), brilhante, anotou 14 de seus 29 pontos no decisivo último período (34-22, justamente a diferença de 12 pontos da partida) para ajudar Kobe Bryant (21 pontos e 13 assistências) na noite de ontem. E o "sortudo" Lamar Odom voltou a brilhar, com 17 pontos e 11 rebotes. Além do trio, outros três angelinos passaram dos dez pontos (Ron Artest teve 18). Pelo lado do Phoenix, Grant Hill anotou 23, e Jason Richardson outros 27.

A verdade, porém, é muito clara: enquanto der essa liberdade ofensiva toda (252 pontos sofridos em dois duelos), o Phoenix Suns não será páreo para os Lakers. A partida 3 será no domingo, no Arizona, e defender melhor não é regra, mas obrigação para a turma de Alvin Gentry. Permitir, como nesta quarta-feira, 57% nos tiros de quadra e 56% nos chutes de fora é inaceitável. Enquanto isso, a torcida de Los Angeles já sonha com a revanche contra o Boston.

3 comentários:

Fabio Massalli disse...

O Lakers venceu no jogo coletivo, no trabalho dentro do garrafão e principalmente na defesa no quarto período. No 2º e 3º periodo parecia que o Suns poderia até complicar, mas com cinco minutos do último quarto, o Lakers tinha dominado completamente a partida, com Kobe servindo de maestro e nenhum jogador centralizando o ataque. Resultado, vantagem de 11 pontos para LA, vantagem que se manteve até o final.
Outro detalhe, senti o Leandrinho um pouco sem energia e agressividade hoje. Não atacou a cesta como em outras séries, principalmente contra o Spurs. Lembrando que ele marcou 26 pontos em três pontos numa das séries de playoffs contra o Lakers.

Fábio Massalli - leiam mais em
www.odiario.com/blogs/cestapancadaearte

Wayand disse...

O Amaré tem é que tratar de resolver marcar um pouquinho pq ta uma ridículo o que o Gasol vem fazendo com ele. Isso sim.

Daniel disse...

só uma pergunta: Amaré foi aquele rapaz de óculos que foi humilhado, deixa eu repetir, HUMILHADO pelo espanhol e ainda tomou um toco do kobe ontem?

em tempo: grande partida do veterano G. Hill, com Odom se preocupando tanto com o garrafão Hill ficou livre deiversas vezes seguidas e foi talvez o maior responsável por deixar o suns com esperanças ao fim do 3° quarto. J-rich também cumprindo seu papel.

ps: nos últimos minutos o lakers sobrou, mas sobrou tanto em quadra que ate lembrou o showtime pela facilidade que tinha para fazer seus pontos.