sexta-feira, 9 de julho de 2010

Rei na Flórida

LeBron James anunciou agora há pouco que irá vestir as cores do Miami Heat pelas próximas temporadas. Ponto para Pat Riley, que consegue juntar Dwyane Wade, Chris Bosh e LeBron, o primeiro MVP a trocar de casa no ano seguinte à coroação desde Moses Malone em 1982, no mesmo teto - algo quase inimaginável até pouco tempo atrás. Como bem disse o Rodrigo, no Rebote, qualquer coisa que não o título será considerado um mico danado.

Uma coisa, porém, é certa: o Miami tem três das maiores estrelas da liga, mas precisará rechear o time com jogadores no mínimo razoáveis. Falta armador, pivô, banco de reservas e talvez um técnico à altura dos craques que há no time (Pat Riley demorará quanto tempo para assumir?). Em uma rápida comparação com Lakers e Boston, o trio de favoritos da próxima temporada possui, basicamente, espinha dorsal equivalente (Kobe, Artest e Gasol pelos Lakers; Allen, Pierce e Garnett pelo Boston; e agora Wade, James e Bosh pelo Miami). Os Lakers, porém, possuem Fisher, Odom e Bynum. O Boston, Rondo, Allen e Perkins. Os Heat, nada...

De todo modo, imagino a festa na Flórida neste momento. Ao lado de Lakers e Boston, o Miami surge como grande favorito para o título da temporada. Não vejo a hora de a bola quicar novamente na NBA.

27 comentários:

João Pedro TONHÃO #23 disse...

MINHA NOSSAA.. Kda partida do Miami vai ser um show.. Não vejo a hora de ver isso em quadra.. Me lembro das Olimpiadas, com o show do Wade com a ajuda do Lebron..
Agora vc falou tudo Fábio.. "qualquer coisa que não o título será considerado um mico danado."
Abraço..!'

Thiago Anselmo disse...

Eu imaginava que LeBron iria pro NY, mas vai saber... cada um com suas doideras. Espero loucamente pela proxima temporada, pois quero ver se o Miami vai brigar com o Boston pra ir pra final da NBA contra o Lakers.

Agora, a força que era o Oeste acabou, pois time bom mesmo so o Lakers, o Suns não é mais grande coisa. Ja no leste, onde tinha varias estrelas em times que nao correspondiam, agora tem. Miami vai fazer maravilhas, pode apostar, pois dois astros da seleçao norte-americana estão no mesmo time.

Anônimo disse...

Bala, mas o trio do Heat é superior a qualquer um dos trios citados, e isso pode compensar a diferença de elencos. Veja, James está em uma fase melhor que Pierce e Allen. Talves não seja superior a Kobe, mas em vista das contusões do angelino, vive em melhor fase, mas é bem superio a Gasol e Artest. Wade hoje talvez esteja num patamar pouco inferior a Kobe, ou até mesmo no mesmo patamar, mas é superior a Allen, Pierce, Artest e Gasol. Bosh é o mais fraco dos três, mas está no mesmo nível de Garnett e Gasol, ou até a frente de Garnett em virtude da idade. Um time desse ainda precisa de um armador? LeBron armava o Cavs. Pivó? com um cara que tem o porte atlético de LeBron, levando em consideração que Bosh tava jogando de pivó no Raptors. Acredito que a coisa pega na defesa. Mas se o Heat arrumar dois caras que saibam defender, (eles nem precisam de mais nenhum jogador com poder ofensivo, apenas alguém que defenda). Pra mim vem aí uma dinastia de uns 4 anos na pior das hipóteses.

Heverton Elias

fábio balassiano disse...

amigos, não encontro na internet o salário correto do lebron, nem o tempo do contrato
uns dizem 5 anos, 90 mi
outros, 3 e 60 mi
qdo tiver a info correta, coloco no post, ok?

abs, fábio

fábio balassiano disse...

querido Heverton, concordo com você, mas o miami precisa de uns reforços aí.
comenta-se que o mike miller vem pra ser o chutador do banco, e que o brad miller pode vir pra ajudar haslem e bosh no garrafão.
ainda falta um armador (felton), e aí sim teremos uma dinastia sendo formada.

vai ser legal, não?
abs, fábio

Cristiano de Jaboatão disse...

Amigos ganhei a promoçao do canal space para viajar e ver um jogo da NBA e acho que vou escolher ver o jogo entre LAKERS e HEAT,pois ainda acho que esta temporada não será de Lebron e Cia ou Wade e Cia. É do Magic ou do Lakers. Abs,Cristiano.

fábio balassiano disse...

que sorte é essa, cristiano...
parabéns!

fábio

Arthur Malaspina disse...

Insisto que todo mundo está dando o Miami como invencível, mas ninguém perguntou pro Kobe... Depois ele vai lá e ganha de novo e fica aquele climão...

Mas de qq forma, acho que foi péssimo pro LeBron, porque mesmo que seja campeão, o Wade provavelmente vai brilhar mais nas horas de dificuldade, como finais por exemplo...

Wayand disse...

Isso no meu tempo se chamava PANELA!!!!
Mas tudo bem. Kobe ganhou a motivação que precisava pra ganhar o sexto anel.
Em 2011 nos falamos.

Renon Junior disse...

Concordo contigo sobre a necessidade de cercar estes craques com carregadores de piano. Só acho um pouco forçado colocar Artest na comparação. Aí não né Bala? Junte o Kobe e o Melo a esses três e teremos os top 5 da NBA.
Sei lá, cada um carregava seu time nas costas e levava aos playoffs. Agora são três pra dividir essa tarefa. O HEat vem forte sim.

Anônimo disse...

Lebron provou que nunca será um Jordan mesmo. Apelou pra um time com outras estrelas pra conseguir o título. Jordan fez de um time mediano ou pequeno um supercampeão. Lebron não conseguiu um título sequer em Cleveland. Se não ganhar nem assim, será vergonhoso. E se ganhar, não vai ter sido mais que obrigação. Devia ter insistido para fazer com o Cleveland o que Jordan fez em Chicago, ou ir fazer história no Knicks. Aí sim ele seria diferenciado.

fábio balassiano disse...

renon, pode ser um exagero, sim, mas o que quis dizer é que o miami precisa de elenco agora

eles estão no caminho certinho, certinho. timaço!

abs, fábio.

Rodrigo disse...

FABIO, VC ACHA QUE A MATÉRIA ABAIXO, ALERTA P/ UM EVENTUAL DESCONTROLE FINANCEIRO, CASO OUTRAS EQUIPES QUEIRAM ESTOURAR O TETO DE SALÁRIOS DA NBA ?

Após anunciar uma diminuição no limite de gastos das equipes na NBA, a liga norte-americana "pensou no espetáculo" ao invés de agir com a razão financeira e aumentou o teto salarial da categoria para a temporada 2010//2011. A medida beneficia diretamente o Miami Heat, que tenta a contratação do ala LeBron James, e não poderia realizá-la se os valores permanecessem como o anunciado anteriormente.

A liga havia definido que o ápice da folha salarial iria diminuir em relação à temporada 2009/2010, quando as franquias poderiam gastar até US$ 57.7 milhões. Antes da abertura do mercado, o anúncio oficial dava conta da diminuição para 56,9 milhões de dólares, no entanto, após a intensa movimentação de free agents caros e de renome, a NBA decidiu conceder a "regalia".

Assim, o time do armador Dwyane Wade, que já contratou o ala-pivô Chris Bosh, agora tem permissão financeira para fechar o trio estelar com LeBron. Ainda assim, ambos teriam que reduzir seus salários, e deixariam de receber US$ 1 milhão a que teriam direito caso firmassem o acordo mais caro possível.

Os acordos podem ser fechados oficialmente a partir desta quinta-feira (08), dentro das normas estabelecidas. O limite de exceção chega a US$ 70,307 milhões, e cada dólar ultrapassado gera uma multa de outro (US$1 para cada US$ 1 excedido).

Anônimo disse...

Se vai ganhar ou não é uma pode se discutir, mas uma coisa é certa; Vai vender muita camisa do Heat na próxima temporada.

Heverton Elias

Lucas disse...

A espinha dorsal dos 3 principais times não é parecida mesmo.
Mas a so Miami é melhor. Em LA Gasol é melhor q Bosh, Kobe e Lebron se equivalem e Wade é anos luz melhor q Ron Artest.
Em comparação com o Celtics o trio de Miami engole o de Boston! Em Boston são 3 jogadores em decadência enquanto Miami adquiriu os 3 melhores "jovens" da NBA. Os caras estão em plena capacidade física e técnica.
Duas coisas podem, na minha opinião, tirar o título de Miami: Uma possível guerra de egos entre Wade e LeBron, que não me parece q vá acontecer pq os dois me parecem pessoas tranquilas.
A outra é o cara, né... Vai que o Kobe fica com a mão 100% e bota na cabeça que vai sozinho bater esse trio? Pra ele é mais um desafio na busca pelo sétimo anel!!
Imagina oq o cara não tá pensando numa hora dessas? Pode provar de uma vez só q não é só melhor q LeBron, mas melhor q LeBron e Wade juntos!!!! Nunca duvido do Kobe....
Abç, Fábio!

Arthur Malaspina disse...

Concordo com você Lucas, os olhinhos do Kobe devem estar brilhando agora...

Anônimo disse...

Caras, Kobe pode ser melhor que LeBron, e com certeza é melhor que Wade. Mas melhor que os dois juntos, já é demais. Não tem como dividir Kobe no meio e mandar cada metade marcar um. Ainda sim são dois contra um, ão são dois Kobe contra Wade e James. Mas que os olhinhos do Kobe estão brilhando ah com certeza, os dele e os de Phil Jackson.

Heverton Elias

João Dias disse...

Blza... mas quem para um D12 inspirado nesse time? hehehe

Abs!

Anônimo disse...

Allen, Pierce e Garnett é a espinha dorsal do Celtics? Você ainda tá em que ano?

Já fazem duas temporadas que o Rondo é disparado o melhor e mais consistente jogador do Celtics.

fábio balassiano disse...

ótima a discussão aqui, pessoal! estou adorando ler!

abs, fábio

fábio balassiano disse...

lucas, a nba toda não está bem financeiramente.
a medida do stern realmente é estranha, e pode ser ótima pro espetáculo, mas ruim pras contas

abs, fábio

Anônimo disse...

Porque o Lebron nao foi para Ipanema ao invés do Miami? Seria mto mais perto..

Abs
Pinho

David Telio Duarte disse...

Fala, Bala!

Achei ruim para o "currículo" dele, pareceu uma grande pipocada. Passou atestado de que não é capaz de carregar uma franquia ao título. Jordan só tinha Pippen de estrela ao lado. Kobe teve Shaq e agora tem Gasol (que não é meio Shaq no auge). LeBron correu para o time do Wade e ainda tem o Bosh. Ele vai jogar no time do Wade, que, esse sim, já mostrou ser capaz de levar uma franquia ao anel. Melhor o LeBron teria feito se ficasse no Cleveland (ficou mal sair assim sem dar um título à cidade) ou encarar desafios como Bulls (ia ter o Boozer e gente grande no garrafão) ou Knicks (com Stoudemire e ia jogar em Nova York). Os analistas da ESPN.com não apostam muito no Miami como "o" favorito na próxima temporada.

Abs.
David.

fábio balassiano disse...

fala, querido david, beleza?
eu discordo muito disso, cara. de que o lebron "pipocou".
isso, pra mim, não existe, sinceramente. ele teve a opção de jogar com alguém melhor, e foi.
só isso.
simples assim.
não nos esqueçamos que o esporte é coletivo, e que isso de "time do lebron" não existe.

mas respeito a sua análise, na boa mesmo.

abs, fábio

PauloRJ disse...

Com relação à comparação do Bala, defensivamente o Artest se torna tão importante quanto Kobe e Gasol no Lakers, porque ele é um dos melhores defensores para colocar no Lebron, Kobe é um excelente defensor para colocar no Wade, e Gasol é melhor defensor (e atacante também) que o Bosh...ainda vai faltar para o Miami alguém para marcar as bolas de 3 do Fisher (assumindo que ele retorne), alguém para marcar o Bynum, e alguém para marcar o Odom....ou seja, se o Miami não completar o elenco com bons defensores e alguns arremessadores, corre o risco deles nem ganharem o leste esse ano...

Que eles tem a melhor espinha dorsal de qualquer time da NBA é inegável, mas provavelmente eles só vão conseguir completar o elenco esse ano com veteranos sedentos por um anel e preteridos por outros times, pois terão que assinar pelo mínimo para veteranos...

Mid level excepetion só no ano que vem, e com expectativa de greve e, comenta-se com teto salarial rígido....se isso acontecer não vai ter mais mid-level exception, e aí os planos do Miami podem ir por água abaixo....espero que eles não coloquem o teto rígido, e aí sim poderemos ter a próxima dinastia da NBA....

Eu, sinceramente, teria dado muito mais valor para o Lebron se ele tivesse ido para NY e conseguisse levá-los a um título daqui há 3 ou 4 anos....

Bernardo disse...

Vc concorda com aquelas afirmações feitas no rebote? achei aquilo meio forçado

Jota_Londrina disse...

Esse papo de que wade será o garotinho de Miami é conversa... veja no celtics... todo mundo fala em big3 ou big4, ninguem fala que é o Paul Pierce mais dois...