terça-feira, 27 de julho de 2010

Alto-falante

"A minha cabeça mudou nesse tempo. Aprendi a ter mais responsabilidade e paciência para que as coisas se encaixem no tempo certo. Trabalhei com um treinador (Fabrizio Frates) que me ensinou a ser mais paciente. Ele me ensinou também que faltava mais defesa ao meu jogo e o basquete europeu pede muito isso. Aqui, Magnano tem pedido o mesmo para os jogadores"

A frase é de Marquinhos, ao Globoesporte.com. O ala parece estar mais maduro, e isso é excelente para o time de Rubén Magnano.

8 comentários:

Anônimo disse...

Nada que bons técnicos não resolvam. Jogadores brasileiros são despreparados emocionalmente, e culpam só eles, nunca os técnicos que incentivam seus comportamentos!

bigmanrj disse...

Vi esse rapaz jogar no Rio com a seleção e alguns jogos pela Summer League. Não sei como ele está hoje, mas, na minha opinião, ele tem uma ótima mecânica de jump, só precisando melhorar não só a sua defesa, mas sua agressividade em direção a cesta.

Lucas disse...

Eu não convocava nunca mais.

O cara q abandona seus companheiros num campeonato importante como ele fez não merece uma segunda chance. Estamos falando de uma seleção brasileira e não do time da esquina.

marcelovini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
marcelovini disse...

Vão me desculpar, mas eu concordo que este jogador nunca mais deveria ser convocado, pela atitude que teve em abandonar a seleção e vir cornetando todo mudo. Além do mais, espero que ele tenha adquirido não só maturidade, mas humildade também, pois certa feita, quando veio a Rio Claro jogar pelo Pinheiros contra o time da cidade, meu filho se dirigiu a ele para pedir um autógrafo e ele simplesmente ignorou meu filho, deixando-o chorando de decepção. Trata-se de um grande babaca.

Deus ve tudo disse...

basta somente a pessoa cometer 1 erro para q tudo o mais que faca que nao agrade tb vire motivo pra julgar!

Luiz disse...

Sem essa de "amargura". Não é momento para isso. Penso que o reconhecimento de uma postura errada merece o perdão ( e é isso que êste atléta está fazendo). Retratar-se, publicamente, é sinal de grandeza. Nós, brasileiros, estamos reelegendo matadores, ladrões,usuário de motoserra e por aí a fora. Mas nós, brasileiros,não iremos perdoar um atléta que agiu visceralmente? Ahhh!!!!! Sem essa. Não dá nem para perder tempo. Não conheço o Marquinhos mas o ví jogar no PAN do Rio e depois no Pinheiros. Ele está a nível de Seleção e com habilidades para ocupar, com destaque, a maioria das funções que lhes forem atribuídas.Espero muito dele nessa chance. É só....

Anônimo disse...

Eh um jogador acima de qualquer suspeita. E condena-lo por um erro.Vai saber o que falaram pra ele. Sim , ele errou,mas se retratou e pagou por isso.
Concordo com o Luiz acima, deem uma chance p ele..com certeza nao havera arrependimento.
Ele joga muito,mas muito mesmo.Alem de ser uma excelente e humilde pessoa.